sexta-feira, 22 de julho de 2016

O maior medo de cada signo

O Segredo


Todos somos assombrados por algum tipo de medo, seja ele o temor de fracassar, o receio da solidão, a preocupação da exposição excessiva, o pavor da falta de reconhecimento, entre outros.

Porém, quanto mais cedo você se tornar consciente dos sentimentos que lhe causam grande aflição, conseguirá lidar com eles de uma maneira melhor.

Confira a seguir os temores de cada signo:

Áries

O signo de Áries é regido por Marte, o Deus da guerra. Os seres desse signo sempre enfrentam situações difíceis com bravura e ousadia, passando sempre para as outras pessoas a impressão de segurança e de que não se abalam facilmente. No entanto, o que poucos sabem, é que o maior medo de um(a) Ariano(a) é de ser derrotado(a) pelos infortúnios da vida. Arianos sempre irão enfrentar qualquer infelicidade com a cabeça erguida, mas o medo da derrota os acompanham constantemente.


Touro

Mesmo perante as circunstâncias complicadas, os Taurinos conseguem manter equilíbrio emocional. Um dos maiores medo de alguém de Touro está em passar necessidade financeira. A falta de segurança material é extremamente assustadora para as pessoas desse signo, isso porque o conforto econômico e material significa segurança para os Taurinos.


Gêmeos

Os Geminianos são bastante simpáticos, adoram fazer amizades com um grande número de pessoas, para eles não há nada melhor do que estar rodeados de amigos conversando sobre fatos corriqueiros. Contundo, apesar de serem bastante sociais, o maior medo deles é a exposição emocional e física. Temem o julgamento de outras pessoas sobre as suas opiniões e modo de agir.


Câncer

Um(a) Canceriano(a) carrega dentro de si vários medos, por isso muitas vezes são julgados como pessoas introspectivas, o que passa longe da verdade. O que acontece é que no menor sinal de perigo o(a) Canceriano(a) se volta para dentro de si, como uma espécie de armadura, só assim sente-se protegido(a) dos males que assombram esse mundo. O maior medo das pessoas desse signo está no temor da perda, por isso, eles tendem a ser bastante protetores com os amigos e familiares.


Leão

O ser de Leão possui um ar de nobreza inato. Enfrenta com bravura as adversidades e problemas que a vida apresenta, porém, mesmo com toda sua coragem e audácia, há um temor de não conseguir brilhar pelas suas qualidades. Os Leoninos tem uma necessidade de serem admirados pelas suas características, sejam elas mentais ou físicas, a menor ameaça de isso não acontecer, deixa-os apavorados.


Virgem

Virginianos são muito tímidos, não lidam muito bem com a exposição pois se sentem desprotegidos diante do possível julgamento de outras pessoas. O objetivo de um(a) Virginiano(a) é não ser notado(a). Ser reconhecido(a) por seus acertos, mas com sensatez, sem chamar muita atenção. Com ele(a) tudo se trata de discrição, por isso morre de medo de sair de sua zona de conforto, de falar em público ou ter que apresentar sua opinião para pessoas desconhecidas.



Libra

Librianos são pessoas naturalmente charmosas, carregam em si uma maneira delicada de se expressar e têm um carisma inato, o que torna-os bastante populares. Possuem a capacidade de fazer amizades rapidamente. Com toda sua personalidade requintada, um(a) Libriano(a) tem medo de escândalos, principalmente se for em público. Para conquistar a antipatia de um ser de Libras é só começar a falar alto em momentos inapropriados e, principalmente, se estiver ao seu lado.


Escorpião

Escorpianos são corajosos em qualquer situação, o ser desse signo enfrenta as infelicidades da vida como poucos do zodíaco. Sempre de cabeça erguida e com um espírito combativo. No entanto, o maior medo desse signo é o de perder o controle de suas emoções, pois sente tantas emoções e de uma vez só, que tem medo de se perder nelas e não conseguir voltar à razão.


Sagitário

Para sagitário tudo diz respeito à liberdade, seja ela mental ou física, são seres demasiadamente inteligentes, por isso o maior medo desse signo é de perder a habilidade de pensar e a capacidade de questionar sobre tudo da vida. A liberdade intelectual unida com a física é o que um(a) sagitariano(a) mais deseja alcançar.


Capricórnio

Capricornianos, a princípio, são julgados como pessoas fechadas e ambiciosas. No entanto, a ambição desse signo é a mais pura possível, capricornianos possuem uma constante necessidade de provar seu valor e sua capacidade, por isso que as metas de vida desse signo estão quase todas relacionadas ao crescimento profissional e financeiro. O maior temor de um ser de Capricórnio é falhar, seja em sua vida profissional ou pessoal.


Aquário

O ser de Aquário prioriza a razão e um dos maiores receios desse signo é ter que lidar com o emocional.Pessoas dramáticas e emocionais demais acabam assustando um(a) Aquariano(a). Além disso todo aquariano teme e foge da monotonia, definitivamente odeiam rotina e se souberem que algo ou alguém pode lhes prender, sufocar ou manipular, correrão a léguas de distância .


Peixes

Piscianos têm uma sensibilidade incomum, regidos pela água, são bastante emocionais. Com sua visão preciosa sobre o mundo, geralmente percebem coisas que passam despercebidas aos olhos do outro, por isso são extremamente vulneráveis. O medo mais latente desse signo é o abandono e a solidão, eles precisam de aceitação para se sentirem felizes e seguros.

quarta-feira, 20 de julho de 2016

O que falta

-Perguntei ao Meu Eu Superior, "O que falta?"

Meu querido,são tantos os desafios que enfrenta, tantas as dificuldade--s que tem que superar, que para você parece que há uma fila sem fim de problemas e não sente em seu coração nenhuma possibilidade à frente.
-------
Isto decorre do fato de que você ser um guerreiro, assim como a maioria dos humanos, mantendo-se de prontidão para reunir forças para superar o desafio presente.

Entretanto, os problemas e os desafios sempre existiram, e ainda existirão por um bom tempo. O que difere, é que hoje, você encontra-se tolhido pela carência de tudo, e por precisar dedicar 48 horas de seu dia para superar os problemas, sem tempo para si mesmo.

Várias foram as lições que os Ancestrais deixaram para vocês, Buda, Profetas da Biblia, Jesus, e tantos outros. Todos mostraram que vem do Amor a força que remove montanhas. Também mostraram que são os humildes os escolhidos, e que a pureza das crianças é onde está o reino dos céus.

Assim, você vive entre dois mundos. Um mundo real que exige e suga todas as suas forças. E há o mundo do Amor, do Espírito, onde residem a pureza, a humildade, e a força para mudar o mundo pelo poder do Amor.

Jesus disse, “Meu Fardo é Leve”.

É dificil compreender e administrar essa situação dúbia, de enfrentar os problemas de frente mesmo com todas suas carências, e ou, entregar-se de corpo e alma para os Céus, e deixar que O Universo possa ampará-lo, renovar suas forças, inspirá-lo e conduzí-lo para uma vida que tenha um propósito que seja para o seu bem maior.

A urgência dos problemas do hoje, sim, elas podem esperar, se você assim decidir, enquanto você se conecta com o Amor Universal e permite que ele simplesmente conduza-o para as melhores soluções.

Você sabe o que quer. Você sabe o que precisa.

O Universo sabe de tudo isso, e tem muito mais do que isso a lhe oferecer.

Apenas, renda-se ao Amor.

E então, Flua nas belezas sem fim do Universo.

Canalizado por Adriano Pereira

19/07/2016

Oração a S Jorge

Hercoles Jaci

13 de julho às 09:45 ·

..

*Esta oração deve ser impressa e colocada atrás de suas principais portas, dentro dos sapatos que vc estiver usando (quando a situação estiver muito difícil). Ela deve ser orada em situações de perseguições, difamações, invejas, complôs, traições, fofocas, etc. Ela é poderosíssima e quando utilizada com fé e respeito, a negatividade se dissolve assim como a noite se esvai quando o sol nasce. Salve tudo que é e emana da Luz divina!!!!!!!!

Oração de São Jorge

Que a cruz do Senhor e toda a sua força na história da humanidade seja meu escudo
Que meus inimigos vivos ou desencarnados fujam de mim
Que Jesus responda por mim, adiante, Pai e Guia
Encomendando-me a Deus, à Maria.
Eu estou vestido com as roupas e armas de São Jorge
Para que meus inimigos tendo pés, não me alcancem
Para que meus inimigos tendo mãos, não me toquem
Para que meus inimigos tendo olhos, não me enxerguem
E nem mesmo em pensamentos possam me fazer mal algum
Armas de fogo não alcançarão meu corpo
Facas e espadas se quebrarão sem me tocar
Cordas e correntes arrebentarão sem nunca me amarrarem
Meu corpo e alma continuarão livres e o meu sangue não será derramado pelos inimigos
Andarei de dia e de noite, cercado e circundado pelas armas de São Jorge, o guerreiro protetor e vigilante. A Luz divina prevalecerá sempre!!!!
Andarei livre e protegido por Jesus, nas palmas das mãos de Deus, todo poderoso.
Amém

Que tipo de espírita você é?

Perfume ou Detergente?

Marcelo Teixeira

Retirado da internet do site: www.umep.com.br/artigos/artigo0020.htm

Adaptado para português de Portugal.


Somos espíritas, tentamos ser espíritas, queremos ser espíritas dentro e fora da casa espírita. Tomara, mas tomara mesmo, que consigamos ser espíritas fora do ambiente do centro espírita. Afinal, o mundo está aí, com suas lutas e desafios, testando nossa capacidade de sermos melhores a cada dia.

Mas não é o mundo lá fora o objecto de reflexão deste artigo. É o mundo dentro da casa espírita. Melhor dizendo, é a nossa postura em relação ao centro espírita que frequentamos. Por essa razão, cabe formular novamente as perguntas do título. Que tipo de espírita é você? Perfume ou detergente?

Muitas são as pessoas que, ao comprar um perfume, pedem para sentir sua fragrância. Uma amostra do perfume é espirrada no nosso braço ou naquela tirinha de papel, para que possamos escolher o melhor aroma. E é um cheiro delicioso, agradável, chique, que nos remete a sensações de elegância, bem-estar, sofisticação.

Já, o detergente é apanhado sem muita atenção na prateleira do supermercado e colocado no carrinho, misturado com várias outras compras.

O perfume não. Quer o compremos para presentear alguém ou para uso pessoal, ele ganhará uma embalagem elaborada, fina, que chame atenção. Tanto que adoramos oferecer perfume como presente. Ao mesmo tempo, ninguém, em sã consciência, presenteará alguém com uma embalagem de detergente.

O perfume merece lugar de destaque na nossa casa; o detergente não.

O perfume custa caro; o detergente não.

O perfume tem um frasco bonito; o detergente não.

Mas, apesar de todas estas aparentes desvantagens, o detergente ganha na limpeza, literalmente, do perfume. Afinal, é o detergente que limpa a casa, apesar de, depois da tarefa cumprida, voltar para o canto do armário da área de serviço. E o perfume, embora reine impávido e reluzente no toucador ou na bancada do lavatório do WC, não tem capacidade de encarar uma limpeza pesada, algo que o detergente faz com a maior facilidade. Só que, estranhamente, a sociedade vangloria o perfume e esquece-se do detergente. E acaba reproduzindo isso na relação social, pois damos mais valor à pessoa-perfume do que à pessoa-detergente.

No centro espírita, esta célula social da qual fazemos parte, acontece o mesmo fenómeno. Quem tem “olhos de ver”, como dizia Jesus Cristo, já deve ter notado que há espíritas-perfumes e espíritas-detergentes. E deve ter notado, também, que há os espíritas desavisados que se deixam levar pelos “falsos profetas”; adulam o espírita-perfume e nem notam a existência do espírita-detergente.

Quem é o espírita-perfume? É aquela pessoa faz presença. Aparece para espirrar um cheirinho de lavanda aqui, um aroma de almíscar ali, uma fragrância de alfazema acolá... Geralmente, abraçam tarefas de destaque, são bonitos, sorridentes, carismáticos, bem cuidados... Por essa razão, fascinam os desavisados. Não digo que os espíritas-perfumes são assim propositalmente, com o intuito deliberado de iludir as pessoas. São assim sem ter noção. Simplesmente são assim. É o que têm para dar. E fazemos votos que eles continuem dando à casa espírita pelo menos o que eles podem dar por enquanto.

E o espírita-detergente, quem é? É aquela pessoa que está sempre na casa espírita. Deixa tudo limpo, em ordem. Em contrapartida, não é notada. Na verdade, ela não faz a mínima questão de ser notada. Mas, como dedica-se a tarefas supostamente subalternas, não é valorizada. Mas, se faltar, sua ausência será sentida, e como!

Para termos uma ideia melhor de ambos e de que como agimos perante eles, vamos imaginar a seguinte situação: um renomado expositor e escritor espírita virá à casa que frequentamos para fazer uma palestra e autografar seu mais recente livro. De seguida, haverá um buffet. Os detergentes, é claro, combinaram de chegar cedo. Limpam o salão, arrumam a mesa do orador, preparam a mesa para a venda de livros, preparam o salão onde será colocado o buffet, fazem o café, dispõem os doces e salgados na mesa... Quinze minutos antes do evento começar, chegam os perfumes. Arrumados, perfumados (é claro) e sorridentes, acercam-se do orador, cumprimentam-no, abraçam-no. O que fazem os demais trabalhadores da casa? Suspiram de contentamento ante a chegada dos perfumes. É como se o ambiente se enchesse de luz ante a chegada de seres que fazem tão bem à nossa vista.

Findo o evento, enquanto os detergentes arrumam tudo, os perfumes ficam conversando com o orador, elogiando sua palestra e falando sobre a grandiosidade dos conceitos espíritas. Mas são incapazes de lavar um copo ou carregar uma cadeira. Depois, vão-se embora e deixam os detergentes porem a casa novamente em ordem.

Por que acontece isso? Porque, numa sociedade dominada pela imagem, deixamo-nos seduzir pela imagem e passamos a adular, dentro da casa espírita, a equipa do perfume.

Isso significa que devemos adular a equipa do detergente? Adular não; valorizar sim. Dar valor não tem nada a ver com estender tapete vermelho. É ficar ombro a ombro com pessoas que, muitas vezes, carregam o centro espírita nas costas sem darmos conta.

Os perfumes só aparecem de vez em quando para espirrar o seu cheirinho agradável. Ao mesmo tempo, os detergentes estão em todos os lugares, muitas vezes sobrecarregados, abraçando várias tarefas que são imprescindíveis para o bom funcionamento do centro espírita.

Mas como ficar ombro a ombro com os detergentes? Simples, seja você também um detergente e pare de ficar batendo palminhas para os perfumes. Quando isso acontecer, os perfumes perceberão que precisam ser detergentes. Afinal, repito, os perfumes não agem assim por mal. Simplesmente ainda não perceberam o real significado do trabalho numa casa espírita.

Que tipo de espírita é você? Perfume ou Detergente?


Que Jesus nos envolva no seu olhar radioso de paz e amor.


terça-feira, 19 de julho de 2016

Efeito Sombra


“A coisa mais assustadora é aceitar a si mesmo completamente.”
— Carl Jung

“Vergonha, culpa, orgulho, medo, ódio, inveja, carência e avidez são subprodutos inevitáveis da construção do ego. Eles estimulam a polaridade entre o sentimento de inferioridade e a vontade de poder. Eles são os aspectos da sombra da primeira eman¬cipação do ego.”
— Edward C. Whitmont

“Passamos nossa vida, até os 20 anos, decidindo quais as partes de nós mesmos que poremos na “sacola”, e passamos o resto da vida tentando retirá-las de lá.”
— Robert Bly

Fomos ensinados desde a infância a reprimir aquilo que nossos familiares e sociedade em geral não apreciam, o lado sombrio da nossa personalidade, considerado como negativo por conta de uma visão dualista sobre “certo ou errado”, “bom ou ruim”, “bem ou mal”.

Deixamos de lado uma parte vital de nosso Ser para agradarmos e sermos aceitos em determinados meios, como na escola, na igreja, no trabalho, entre outras inúmeras ocasiões durante a nossa vida. Mas essa parte ainda está lá, aparentemente escondida e não a percebemos porque a projetamos nos outros, como uma forma de nos livrarmos desse “problema”.

Essa negação gera uma incompletude, que causa bastante sofrimento, porque não há como negar, não existe Luz sem Sombra. Não somos somente Luz, somos a Unicidade, seres completos e excluir esse lado é insanidade. É preciso ter maturidade para reconhecer nosso lado mais sombrio, pois somente aceitando a si mesmo completamente que podemos atingir a plenitude. Como disse Jung: “Até mesmo uma vida feliz não pode existir sem uma medida de escuridão, e a palavra “feliz” perderia seu significado se não fosse equilibrada pela “tristeza”. É muito melhor aceitar as coisas como elas vêm, com a paciência e equanimidade.”

Sem dúvidas, a sombra é um tema delicado, mas muito interessante de aprender, pois uma vez compreendido, pode acontecer uma mudança bastante significativa na vida de qualquer pessoa. Para que você possa se informar ainda mais sobre esse aspecto da personalidade, recomendo o documentário O Efeito Sombra, inspirado pelo livro de Deepak Chopra, Debbie Ford e Marianne Williamson.


Na primeira parte, Deepak Chopra oferece uma visão abrangente da nossa natureza dualista e expõe comportamentos autodestrutivos que são pistas para identificarmos os problemas da sombra, como: omissão, acusação, projeção, julgamento, culpa, vergonha e muito mais. Ainda oferece uma receita única: apenas a inteireza e uma visão de unicidade podem ser a solução para a sombra.

Em seguida, na segunda parte, Debbie Ford formula a sua visão a partir dos seus quase quinze anos de aprendizado e dos principais workshops que realizou. Ela apresenta uma análise aprofundada do papel que a sombra desempenha nas nossas vidas cotidianas e como as experiências dolorosas do passado podem levar-nos a suprimir aspetos da nossa personalidade. No fim, partilha ferramentas para recuperarmos a energia e o brilho do nosso eu autêntico.

Por último, na terceira parte, Marianne Williamson explora uma abordagem provocadora sobre a ligação entre a sombra e a alma, conduzindo os ouvintes a uma viagem através da batalha entre o amor e o medo.

É um documentário altamente recomendado para todos, principalmente para os que buscam o autoconhecimento. Confira abaixo o filme completo e legendado:

 Equipe Despertar Coletivo


endereço do védeo no You Tube

https://youtu.be/YX3MKbqdeJA

O Corpo Fala: Metafísica do Fígado

 Equipe Despertar Coletivo

Autoconhecimento, Ciência Espiritual, Saúde


fígado por Dr. Fábio Pisani |

Quando falamos no fígado, do ponto de vista energético, estamos falando do fígado propriamente, da vesícula biliar, dos olhos, dos ombros, dos joelhos, dos tendões, das unhas, dos seios, e todo o aparelho reprodutor feminino, desde ovários, trompas, útero e vagina. Por esse motivo, na MTC (medicina chinesa) se diz que o fígado é o órgão mais importante para a mulher, assim como o rim é para o homem.

A energia do fígado é responsável por manter o livre fluxo da energia total do corpo. Como o movimento do sangue segue o movimento da energia, dizemos que o fígado direciona a circulação do sangue e regula também o ciclo menstrual. Mas o papel mais importante, sem dúvida é sobre o equilíbrio emocional, é a energia do fígado quem vai nos fazer responder a todos os estímulos emocionais, 24 horas por dia sem parar; daí já se deduz o desgaste intenso ao qual é submetido este sistema, e pouquíssimas atitudes são tomadas para auxiliar o fígado nesta tarefa, pelo contrário a nossa cultura parece fazer tudo para impedir o equilíbrio. Como todas as emoções boas ou más passam pelo fígado, não devemos reprimi-las a todo momento. A repressão das emoções provoca um bloqueio da energia que vai levar à formação de calor no fígado. Este desequilíbrio energético pode se manifestar de várias formas. Dependendo da sua localização, podemos ter uma insônia, uma enxaqueca, uma precordialgia, uma hipertensão, uma gastrite, uma tensão pré menstrual, e por aí vai.

Os adoecimentos podem ser de dois tipos, por falta ou por excesso de energia, ou usando um termo mais técnico, por vazio ou plenitude. Em relação às emoções que lesam mais especificamente o fígado vamos ter, num quadro de plenitude, a raiva, mais exatamente a raiva reprimida e, num quadro de vazio, o pânico, que agora virou síndrome de pânico. Cabe aqui fazermos uma distinção entre sentimento e emoção. Os sentimentos geralmente fortalecem os órgãos e servem como mecanismos de defesa para o nosso organismo. Por exemplo, uma sensação de apreensão é diferente do medo. A primeira nos coloca num estado de alerta diante de uma certa situação, sem nos limitar em nada, nos protegendo dos perigos. O medo por sua vez nos limita e nos paralisa. A mesma coisa em relação a uma certa irritação que nos leva a reagir quando somos atacados ou nos sentimos lesados, que é diferente da raiva que tem um grau mais intenso. O importante é entender que todos os sentimentos atuam bem no organismo, tudo depende da intensidade e por quanto tempo.








Da mesma forma que o sal, o orégano e a pimenta são temperos usados na alimentação, os sentimentos são o tempero da nossa existência. A qualidade de nossa vida dependerá da quantidade e da forma com que serão usados.

Como já foi dito, o fígado rege praticamente todo o sistema reprodutor feminino e é responsável por alterações no seu funcionamento que vão desde alterações no ciclo menstrual, os cistos de ovário, miomas uterinos, corrimentos vaginais, prurido vaginal, alterações da libido, como frigidez e impotência. Em algumas doenças só a energia do fígado está em desarmonia, e em outras existe também desequilíbrio de outros órgãos.

O fígado rege as articulações do ombro e joelhos e também os tendões de modo geral. Assim sendo, as bursites e as dores nos joelhos sem causa aparente, são sinais de comprometimento da energia do fígado. As tendinites e os estiramentos freqüentes também estão neste grupo.

Os olhos são a manifestação externa do fígado, e suas patologias também vão nos indicar algumas alterações no fígado, as mais comuns são as conjuntivites, os olhos vermelhos sem processo inflamatório, os terçóis, os pontos brilhantes que aparecem no campo visual e outros.

As unhas são outra manifestação externa das condições do fígado, e as suas deformidades ou a presença de micose vão nos sugerir algum comprometimento na estrutura yin do fígado, ou desequilíbrio prolongado da energia do fígado.

Para concluir, o fígado comanda o funcionamento do sistema nervoso e é o responsável pelas alterações funcionais como as várias formas de epilepsia, as alterações no raciocínio, os desmaios e as perdas de consciência de modo geral, e as doenças degenerativas como o Parkinson.

Todo órgão está acoplado a uma víscera que, no caso do fígado, é a vesícula biliar, que em geral tem um papel secundário para o funcionamento do sistema. Resumidamente, a vesícula atua mantendo o nosso equilíbrio postural. Todos os quadros de tonturas, vertigens, labirintites estão ligados a ela. Rege a articulação têmporo-mandibular (ATM). Todas as tensões que ficaram retidas no fígado podem descarregar nesta região e produzir um quadro de ranger os dentes (bruxismo), que se manifesta mais freqüentemente durante o sono. A nível emocional a vesícula biliar comanda o nosso processo de decisão, e seus desequilíbrios vão se apresentar na forma de indecisões ou mesmo desorientações, perda de rumo.

A lágrima é a secreção interna que ajuda a aliviar o fígado. Deste fato vem a importância de não se reprimir o choro, embora nem sempre seja conveniente socialmente. Mas, pode acreditar, conter o choro faz mal à saúde.

Agora que já temos uma ideia de como é estar com a energia do fígado desequilibrada, vamos fazer alguma coisa para ajudar. O mais importante é a harmonia das emoções, isto é, as emoções não devem ser reprimidas. Nós devemos senti-las e deixá-las fluir, evitando o apego emocional. Depois, evitar os medicamentos químicos, as bebidas alcoólicas, os temperos picantes, se não puder evitar, usá-los com moderação. Na alimentação, optar pelas coisas de cor verde, e usar de preferência verduras cruas.

domingo, 17 de julho de 2016

A Realidade da Realidade

Publicado por Fatima dos Anjos em 17 julho 2016 às 12:48 em SABEDORIA DE VIDA ( Mensagens, Reflexões e Pensamentos)
Back to SABEDORIA DE VIDA ( Mensagens, Reflexões e Pensamentos) Discussions

A maioria das pessoas considera a realidade como sendo a realidade de sua vida cotidiana explicada sobre os modelos científicos em vigência. Qualquer fato inexplicável ou anomalia dentro desta realidade tende a ser descartado como ilusório. Para essas pessoas é mais fácil fazer isso que tentar mudar sua maneira de interpretar o mundo e seus paradigmas.

Um indivíduo se apoia sobre modelos de realidade que tenham sentido para ele. Ele passa a interpretar o mundo e a agir a partir desses modelos. Evidentemente suas decisões e escolhas também partem dessa interpretação. Então a ampliação da percepção da realidade ou a interação em uma realidade multidimensional implica quebras de paradigma, mudanças de concepções e visões de mundo. Pessoas com uma visão de mundo muito fechada não estão abertas a receber e aceitar novas informações e não permitem a seus cérebros de identificar, mapear e perceber novas realidades.


Mas o que seria a realidade?

A definição da palavra realidade no dicionário é a seguinte :
« Realidade n.f. 1. Caracteriza o que é real, aquilo que existe efetivamente. A realidade de um fato. 2. A realidade : aquilo que existe ; a existência real. »

Existiria uma realidade absoluta? O filósofo oriental Chuang-Tseu se interrogando sobre o real diz:
« Chuang-Tseu sonha que ele era uma borboleta, e ao acordar ele não sabia mais se era um homem que sonhava que era uma borboleta ou se ele era uma borboleta que sonhava que era um homem. »

Como podemos estar certos que uma coisa ou um fato podem ser considerados como reais se o real nada mais é que uma interpretação que tanto pessoas comuns como sábios têm do mundo? Aquilo que afirmamos como sendo a realidade é apenas a interpretação que temos a partir da interação vivida com um aspecto da “realidade”.

A noção de realidade de cada indivíduo é construída a partir de suas experiências com consciência. Percebemos então que o real é subjetivo e que há reflexividade entre a realidade percebida e o indivíduo que nela interage. Sendo assim não podemos aceitar que exista apenas uma noção de realidade. A construção de noção de realidade para cada indivíduo passa pelos seus cinco sentidos, pois eles são seus meios de observação de suas experiências. Com a construção de aparelhos que são extensões dos nossos cinco sentidos, como por exemplo, telescópios, microscópios, captadores de som, etc, começamos a perceber o mundo de outra forma. Descobrimos o Cosmos, as células, os átomos e mudamos nossas concepções da realidade. O mesmo acontece com pessoas que possuem faculdades extrassensoriais ou pessoas consideradas paranormais. São pessoas que conseguiram ampliar sua percepção da realidade, pois possuem mais do que esses cinco sentidos para experimentar as diferentes realidades.

Eu considero que a realidade é multidimensional e, de uma maneira didática, podemos explicá-la como sendo projeções da consciência em dimensões e subdimensões (planos). Essas dimensões seriam diferentes faixas de frequências, mas não entrarei em detalhes aqui pra não estender muito esse post. Prometo fazer um outro sobre “dimensões e planos“.

Concluímos então que a noção de realidade é relativa ao indivíduo que nela interage. E mesmo dentro de uma mesma dimensão e subdimensão, os indivíduos possuem diferentes percepções do mundo onde vivem. Não temos como ver o mundo com os olhos do outro. Não temos como sentir o mundo com os sentidos e sentimentos do outro. Vemos e sentimos o mundo com nossos próprios sentidos e sentimentos. E se lembrarmos de que, segundo a física quântica, nossos pensamentos e sentimentos também são criadores de realidades, percebemos que não temos como ter a mesma visão que os outros. Cada experiência pessoal e cada visão de mundo são únicas. A maior riqueza está em compartilharmos nossas percepções.

http://www.otavioreis.com.br/

Quando você se compara, você perde

Publicado por Fatima dos Anjos em 17 julho 2016 às 17:17 em ECOLOGIA INTERIOR
Back to ECOLOGIA INTERIOR Discussions

Porque chega uma hora que precisamos entender que a vida não é um programa de computador que fará com que todos os seres humanos devam passar por todas as fases e por exatamente todos os desafios. Se não compreendermos que cada ser é único e tem seu próprio caminho e suas lições para serem superadas, viveremos soterrados em um mundo de competição e desânimo, de falta de luz e frustração e, como diz a frase de Osho, que ilustra o título deste post: Quando você se compara, você perde. É inevitável!

Se nos deixarmos levar por esse pensamento padronizado estaremos presos em um padrão que nos impedirá de buscar a realização de nossos sonhos. A energia será demandada para realizar os desejos dos outros e não os seus, de fato. Seria como viver em uma trama de novela das 9, sempre igual em seu enredo, mudando-se nomes, cidades e personagens.

Não, meus amados, a vida não é assim. Como você pode pensar que sua vida é pior que a do fulano, porque ele conquistou algo e você não? Como você pode pensar que seu caminho é igual ao de qualquer outra pessoa quando você para e percebe que o mundo de qualquer um é completamente diferente do seu?

E é! É diferente porque cada ser tem um propósito maior enquanto alma. Ninguém está aqui à toa e, à nós, cabe a vontade de buscar nossa evolução com leveza para chegar o momento em que nos sentiremos felizes, em paz, de bem com a vida.

Flávia Melissa, psicóloga super presente nas redes sociais com temas de espiritualidade e bem-estar, traz uma reflexão sobre esse nosso movimento insano de competição.

“Tudo à nossa volta nos incita à competir. Medir nosso mérito em relação ao mérito de uma outra pessoa. Se o outro perde, somos favorecidos. Contamos com o erro do nosso adversário – o “próximo”, a quem deveríamos amar como a nós mesmos, sem nem saber já é tomado por nós como adversário.

Não estou falando de Olimpíadas. Não estou falando de esportes. Grandes eventos mundiais apenas evidenciam o modo como lidamos com nossos eventos cotidianos – apenas uma lupa de aumento. Estou falando da vida real. De como você acelera no trânsito para não dar passagem para o carro que quer entrar à direita. Estou dizendo de como você usa os políticos corruptos como uma justificativa para não pagar seus impostos corretamente. Estou falando do troco que você recebe errado e não devolve na padaria. Estou falando da sua impaciência quando uma senhorinha entra na fila preferencial do banco, retardando o seu processo em mais alguns minutos. Retardando o meu processo em mais alguns minutos.

Estou falando de você, e de mim, e de todos os seres humanos da espécie homo sapiens que foram criados com base no você-perde-eu-ganho. Que foram ensinados a gostar do erro que o vizinho comete, que foram adestrados a gostar da desgraça alheia. Que foram criados sem olhar para a própria pequenez e pro próprio sofrimento e pro próprio vazio. Estou falando de você, e de mim. E de nossos filhos que, de um modo ou de outro, estão sendo criados do mesmo modo. Ficando felizes quando o 8 na prova de matemática é maior do que o 7 do “melhor amigo” e se sentindo completos idiotas se for menor do que o 9 do coleguinha da frente.

Ego, ego, ego.
Medo de ser inferior.
Medo de ser pior.
Medo de fracassar.
Ego, ego, ego.

Que, no futuro, saibamos deixar as competições para os grandes eventos esportivos e comecemos, de uma vez por todas, a olhar o próprio erro como o maior dos professores.”

Pensem em quanta energia não gastamos nos desviando do nosso caminho porque estamos ocupados nos comparando com o outro. O outro tem na vida o que ele está disposto a trabalhar para conquistar e exatamente o que ele precisa para a existência dele. Dele. E não sua! E ninguém é melhor ou pior por causa disso. Busque viver mais feliz, por você. Busque sua evolução espiritual por você, e por mais ninguém. Busque se aprimorar a fim de que, um dia, você assuma de fato que você é um ser merecedor de toda abundância e amor e que tudo na sua vida é benção, que sempre estará te movendo para um presente de paz e um futuro cada vez mais amoroso.

Amor, luz e consciência. Sempre.

Cíñtia Rizzö

Gratidão

A GRATIDÃO É UMA FREQUÊNCIA NO UNIVERSO


A Gratidão é uma frequência no Universo que nos atrai para uma união mais estreita com o vasto depósito de sabedoria do nosso Eu Superior. Quando nos alinhamos com a frequência da gratidão, somos capazes de transmitir a visão mais elevada para qualquer situação que uma vez nos amarrou às frequências de vítima e culpa.

Estas transmissões são codificadas com os acordos que mantemos com outras almas de criarmos situações de aprendizado mutuamente benéficas. A informação codificada toca coisas como o propósito do nosso atual tempo de vida, uma visão geral de nossa atual situação e até o projeto para toda a evolução de nossa alma.
Pode-se dizer que a gratidão é a chave que abre a porta.

A GRATIDÃO É MAGNÉTICA À ABUNDÂNCIA E SINCRONICIDADE

Porque a gratidão está fundamentada na idéia da aceitação, da fé e do alinhamento espiritual, ela também é magnética à abundância e à prosperidade. Ela atrai para nós coisas que precisamos no momento, e irradia uma mensagem subconsciente que atrai a sincronicidade e os milagres.
Não importa o que esteja acontecendo em sua vida, encontrem um meio de aceitar as circunstâncias e expressar a gratidão por elas e vocês em breve se encontrarão deleitando-se na riqueza espiritual e nas bênçãos do Universo.

TUDO É AMOR EM BUSCA DE SI MESMO

É agora neste momento em que muitos recuam de suas rotinas para agradecer por podermos aproveitar esta oportunidade para entrarmos em um nível mais profundo de gratidão por todas as situações e pessoas em nossas vidas. Quando assim o fazemos, entramos em um novo nível de aceitação de nossa própria dor e sofrimento e de nossas lutas. Isto nos permite tocar um espaço amoroso e tranqüilo dentro de nós mesmos, aonde tudo que venha diante de nós é amor em busca de si mesmo e as almas que encontramos são companheiros de viagem em busca de uma compreensão mais profunda que nos impulsiona em nossa jornada de crescimento e de expansão.

Fonte:
http://www.celestialvision.org
Colaboração e Tradução:
Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Solte as rédeas!

Que mania essa que a gente tem de querer estar no controle de tudo! Reparem em como é automático queremos desenhar cada milímetro do dia, do mês, do ano… da vida! O grande problema é que quem alimenta essa obsessão pelo controle é o nosso tão conhecido EGO, famoso por nos limitar e nos fazer chegar ao nosso limite mental muitas e muitas vezes.

Aprendemos desde cedo a nos identificar com o ‘eu’, porém, ficamos na superficialidade desse conceito e o ‘eu’ logo se transforma em ‘meu’, ‘comigo’ e ‘para mim’. Vivemos buscando alguém ‘para viver comigo’, um emprego para ‘ME’ satisfazer e dar cada vez mais dinheiro e status, o ‘meu cachorro’, ‘meu carro’, ‘minha viagem de férias’, etc.

Tudo isso é muito lindo e não há nada de errado em desejarmos ter, o ponto é que não podemos viver em função desses fatores, tampouco pensarmos que somos o que temos. É tão dissonante, tão incompatível que se pararmos um pouco para refletir veremos o quanto estamos sendo irreais. Quando entramos nessa frequência do ter, naturalmente sofremos com cada curva no caminho: o que era meu ontem, hoje já não é mais. O amanhã vive como uma constante ameaça… e viver assim desgasta, cansa, drena nossas energias!

Abra mão do controle…abra mão do que você chama de ‘minha vida’, ‘minha carreira’, ‘meu corpo’, ‘meu relacionamento’. Abra mão com sabedoria, ou seja, olhe com amorosidade para cada uma dessas esferas da sua vida no momento de Agora e deixe que o passado e o futuro ocupem o lugar a que eles lhes pertencem.

Imaginem o corpo humano: sem perceber, nesse exato segundo enquanto você lê esse texto, seu coração bate, seu pulmão infla e esvazia, seus olhos piscam, suas células se regeneram, seu rim está filtrando impurezas, seu cérebro fazendo milhões de sinapses, seu labirinto lhe garante o equilíbrio e mais milhares de funções acontecendo ‘tudojuntoagora’. Imagina se você tivesse, com esse seu imponente desejo de controle, coordenar tudo o que se passa com seu corpo. Impossível, não é mesmo?

Por que cargas d’água você acha, então, que tem a capacidade de controlar tudo na sua vida? A força divina e mágica que maestra a perfeição do corpo humano é exatamente a mesma que atua no desenrolar da sua vida, trazendo à você situações que permitam evolução, reflexão e alegrias. Faça sua parte, alimente-se com energias boas, vibre amorosidade e exercite o seu lado otimista – de resto, deixe a sabedoria do universo atuar.

Confia! Não queira ter responsabilidades e funções maiores daquelas que você, como ser humano, pode ter. Entrega, aceita, confia e agradece. Agradece desde já tudo que se foi e do qual você se livrou. Agradece cada aprendizado. Agradece cada amanhecer que vem acompanhado da oportunidade de fazer melhor, de ser melhor, de se amar mais. Agradece e vive… Mas vive com leveza, sem se PRÉocupar. A vida vai se desenrolando no seu ritmo perfeito e o som desse ritmo vai depender apenas da sua vibração, portanto, saia do padrão insano da mente e do ego controlador e entre na sintonia daqueles que confiam plenamente na vida e na beleza de existir!

Amor, luz e consciência. Sempre.

Cíñtia Rizzö



https://sabedoriauniversal.wordpress.com

Alimente seus chakras

A ingestão de certas cores de alimentos permite nos realinharmos emocionalmente. Esta técnica baseia-se na Ayurveda. Veja como funciona:

VERMELHO (Chakra Raiz ou básico­­)

Em Harmonia: Vitalidade, actividade, sexualidade, estabilidade, Coragem, Individualidade, Paciência, Saúde, Sucesso e Segurança.

Em desarmonia: Frustração sexual, letargia, egocentrismo, ansiedade, Insegurança, Raiva, Tensão e Violência.

Se você se sente cansado, alimentos vermelhos como tomates, morangos, framboesas e beterrabas vão ajudar a aumentar os níveis de energia e temperatura do corpo.

Alimentação favorável: Alimentos ricos em carotenóides – acerola, cereja, maçã, goiaba vermelha, melancia, morango, tomate, rabanete, uva vermelha, pimentão vermelho.

LARANJA para a confiança e auto-estima (Chakra Sexual)

Em Harmonia: Assimilação de novas idéias, Dar e Receber, Desejo, Emoções, Mudanças, Prazer, Saúde e Tolerância, Adaptabilidade, boa circulação.

Em desarmonia: Confusão, Ciúme, Impotência, Problemas da bexiga, Problemas Sexuais, Má Circulação, Problemas Renais, Ciúmes, Solidão.

Se você se sente com pouca confiança, ou baixa auto-estima, utilize alimentos na cor laranja. Alimentação favorável: Ingestão de bastante líquido, frutas e hortaliças como: abóbora, tangerina, damasco, cenoura, mamão, laranja, pêssego, tangerina, manga, vão melhorar esses sentimentos.

AMARELO para alegria (Chakra do plexo solar)

Em Harmonia: Autocontrole, Autoridade, Energia, Humor, Imortalidade, Poder pessoal e Transformação, Coragem, criatividade, independência, força

Em desarmonia: Medo, Ódio, Problema digestivo e Raiva, Problemas de fígado, olhos, arrogância, ansiedade

Se você se sente deprimido ou triste, coma alimentos amarelos. Alimentação favorável: Alimentos ricos em amido e carboidratos, frutas e hortaliças amarelas: batatas inglesa, doce e baroa, banana, abacaxi, milho, melão. Veja suas alterações de humor, pois o amarelo é um potencializador de humor natural.

VERDE para o rejuvenescimento (Chakra cardíaco)

Harmonia: Amor incondicional, Compaixão, Equilíbrio, Harmonia e Paz, generosidade, romance.

Desarmonia: Desequilíbrio, Instabilidade emocional, Problemas de coração e circulação, Má circulação e respiração, avareza, egocentrismo.

Sentindo-se com pouca energia vital? Stressado? Excesso de trabalho? Coloque suas verduras orgânicas favoritas em um espremedor ou faça uma salada gigantesca e observe diminuir seu nível de stress. Provavelmente ele vai acabar devido às enzimas vivas, oxigênio e clorofila. Alimentação favorável: Folhas, legumes e frutas verdes – couve, alface, abobrinha, brócolis, salsa, cebolinha, pepino, acelga, azeitona verde, chuchu, quiabo, abacate, kiwi, limão, uva verde etc.

AZUL/PRETO para acalmar (Chakra da Garganta)

Harmonia: Comunicação, Criatividade, Conhecimento, Honestidade, Integração, Lealdade e Paz, Boa comunicação e expressão, criatividade

Desarmonia: Depressão, Ignorância e Problemas na comunicação

Desfrute de uma tigela de mirtilos (um fruto silvestre que gosta do frio. É uma baga, cor azul ceroso, e está no topo dos alimentos com maior teor de antioxidantes) ou amoras. Alimentos pretos e azuis ajudam a tonificar os rins.

VIOLETA para a paz (Chakra do Terceiro Olho)

Harmonia: Concentração, Devoção, Intuição, Imaginação, Realização da alma e Sabedoria, Popularidade, Intuição, Ética, Clareza Mental

Desarmonia: Dores de cabeça, Falta de concentração, Medo, Problema nos olhos, Pesadelos e Tensão, Dependência, Desejos Insatisfeitos, Desequilíbrio

Se você está se sentindo frustrado, irritado ou incapaz de perdoar, alimentos nesta cor vão ajudar a acalmar a sua energia e trazer-lhe paz. Alimentação favorável: berinjela, alface roxa, uva roxa, alho roxo, beterraba, figo, azeitona preta, framboesa, jabuticaba, amora, alcachofra etc. e bebidas relaxantes como chás de hortelã, menta, jasmim.

BRANCO para a força (Chakra Coronário)

Em Harmonia: Integrado a vida, iluminado, harmonioso

Em desarmonia: Loucura, desequilíbrio orgânico e mental.

Se você se sente derrotado ou para baixo, desfrutar de alguns alimentos brancos aumentam a sua força interior.

Alimentação favorável: Alimentos ricos em vitaminas do complexo B e os flavonóides: Aipim, Aipo, Alho, Alho-Poró, Aspargo, Banana, Batata Baroa Branca, Cará, Cebola, Cogumelo, Couve-Flor, Endívia, Graviola, Inhame , Nabo, Pêra e Pinha.

Alimento é energia! Nós somos um composto energético e temos inúmeros chacras que são campos de força que captam e exteriorizam energia. O alimento físico permite que utilizemos este corpo físico e façamos tudo o que temos de fazer na nossa vida. Esse corpo físico é importante para que a possamos evoluir e crescer consciencialmente. Este corpo nos permite ter contato com consciências mais evoluídas e menos evoluídas.

http://www.radiovivazen.com/blog/materias/alimente-seus-chakras

sábado, 16 de julho de 2016

Um novo Portal aberto

Imensa Onda de Mudanças Cósmicas está sobre nós - 09.07.2016



Há um poderoso Portal cósmico abrindo-se entre Júpiter e a Terra, que tinha sido fechado há milênios. Parece algo como um wormhole/ buraco de minhoca, e traz pela primeira vez em milhões de anos o retorno de uma consciência cósmica de massa que está sendo incorporada em determinados Portais Estelares neste sistema solar.



Os mecanismos deste campo enorme de consciência é a dos primórdios, quando as primeiras galáxias foram formadas, as primeiras 12 Galáxias Mestres; e então, quando as guerras dos céus começaram este Portal grandioso foi fechado e moveu-se para as novas galáxias formadas nos confins do Cosmos.

Ele afetará as pirâmides e as grades de pirâmides na superfície e aquelas sob o mar, e traz a aceleração da elevação de consciência no planeta.



Acionará bancos de memória imensos em nosso DNA e a memória molecular inerentes, e ocasionar uma grande mudança na maneira como percebemos nosso mundo material; como um grande começo da desintegração do que cada um percebe sobre outras formas de vida, que têm vivido ao nosso lado, em diferentes estados dimensionais, e também no interior da Terra, e que agora pela primeira vez são visíveis para aqueles que estão sintonizando os impulsos cósmicos emitidos por este Portal.

Este Portal está diretamente ligado à Constelação da Ursa, pois foi uma das primeiras galáxias a evoluir verdadeiramente à Super Consciência, provocando uma maior grande mudança no Cosmos, e em seguida, influenciou a vida em Sírius, Andromeda, Plêiades , Arcturus, Orion e Via Láctea, bem como Pegasus, Touro e Leão.



O Portal vai começar a afetar-nos, e abrir as Redes de energia da Terra. É uma Energia de alta frequência que não pode ser detectada ainda por medições humanas, uma vez que vibra em uma faixa que está fora da nossa órbita.



Ele vai trazer ativação das sinapses ocultas (latentes) dentro de nosso cérebro - aquelas partes que não temos utilizado há milhares de anos.



Ele trará uma abertura repentina de dons, habilidades e capacidades que nos permitirão fazer uma mudança total de consciência dentro de um período muito curto de tempo, assim como o planeta está agora pronto para a etapa de incrementar a consciência e está puxando-nos em uma banda de frequência muito maior.



Isso significa que equipamento eletrônico, de repente, começará avariar e comunicações por satélite serão afetadas. Haverá aprimoramento em faixas de frequências mais baixas,que lenta e seguramente começam a desintegração e, portanto, não pode funcionar mais na banda que costumava funcionar.



Ele vai trazer um movimento de massas para os espaços de energia do coração que então desintegram velhos padrões, que são também padrões ancestrais, e mais os padrões de pensamento antigos que já não servem a este planeta; desse modo este campo de energia está agora penetrando a matriz da energia existente e mudando todo o campo.



Como isso traz campos cósmicos enormes de novas energias, juntamente com as erupções solares cósmicas emitidas do Sol - que também são cada vez mais afetadas por esta abertura do Portal - afeta nossas vidas diárias no campo subconsciente quando iniciamos a compreensão cada vez maior que as velhas estruturas, as velhas mentiras, os velhos mecanismos de controle desabam, e o novo começo forma o que é de tão alta frequência que o antigo não pode se mover para esses campos.



Enquanto nos movemos para a maior verdade e integridade da nossa própria Alma e seu sistema de orientação interior, vamos receber ajuda daqueles nas Dimensões Superiores para incorporar as alterações, e assim avançar com este campo, e passar para os estados mais elevados de consciência.



É, portanto, imperativo que continuemos com a limpeza de tudo o que vem à tona em nossos bancos de memória, quer seja pessoal, familiar e purificação coletiva. Só sentirá imensamente desorientado se não estiver disposto a fazer a limpeza interior e ir com o fluxo cósmico.



O que mais será afetado é a forma de pensar, de maneira que a ciência vai finalmente entender que todo o pensamento não incorporado à uma abordagem holística centrada no coração do Ser é apenas uma ilusão.

À medida que damos passos maiores nas faixas de frequências e consciência, caminhamos mais e mais para o papel Co-criador. No entanto, isso só pode acontecer quando começarmos a aderir às leis cósmicas e estivermos em harmonia com elas e, assim, aprender a fluir com as faixas de frequências cósmicas e se tornar Um com elas.



Espere então por alterações escalares e para mais mudanças chegarem. Nada está estabelecido. Tudo está em um tremendo fluxo, e todos estão ocupados aparentando formar algo novo.



Segure-se a nada. Segure-se a ninguém e nada. Isso não significa que você não pode amar alguém – só não agrilhoe. Aprenda a ir com o fluxo e não resista a ele.



Você somente sentirá dor intensa se resistir a esta Onda Cósmica massiva de desintegração, de modo que a integração em grande escala cósmica possa ocorrer.



É tempo para a Nova Era se fazer sentir, e nada mais, nestas bandas de frequência cósmicas mais elevadas.



Autor: Judith Kusel

Fonte: http://www.lovehaswon.org/

Tradução: Vilma Capuano



http://www.sementesdasestrelas.com.br











O que são realidades paralelas


Publicado por Fatima dos Anjos em 16 julho 2016 às 18:07 em MENSAGENS DOS MESTRES
Back to MENSAGENS DOS MESTRES Discussions
.
A nossa alma multidimensional fez a longa viagem a partir da fonte para o mundo da forma e quer experimentar todas as opções possíveis para cada experiência interagindo em várias e múltiplas realidades simultaneamente. Desta forma, poderemos ter um aprendizado ideal de cada experiência e partilhar as múltiplas realidades em que experienciamos com a Fonte.

Algumas realidades múltiplas ressoam com a mesma frequência de expressão e outras realidades ressoam em diferentes frequências de expressão. Realidades múltiplas que ressoam na faixa da terceira e quarta dimensão são conhecidas como frequência de realidades paralelas ou realidades alternativas estando a embater em um padrão semelhante de transmutação se encontrando na mesma faixa de frequência de expressão. Já as realidades que representam diferentes expressões da mesma experiência são conhecidas como realidades multidimensionais.

Cada ser é um agregado de “eus”. Somos compostos por vários corpos e conseqüentemente interagimos em diversas dimensões simultaneamente. Dentre esses corpos somos divididos em vários níveis conscienciais. Muitos desses níveis formam personalidades distintas somatizando inúmeras divisões que atuam simultaneamente em nossa consciência cósmica. Assim, o que pensamos ser nós, como personalidade única encarnada, é a soma do todo em nós interagindo. Isso quer dizer que estamos atuando simultaneamente em várias realidades paralelas ao mesmo tempo. Estamos coexistindo juntamente com essas realidades. O passado não existe, o futuro coexiste com o agora. Sendo assim, podemos interagir no que pensamos não ser possível, tendo em vista acreditarmos que estamos presos na matriz do tempo. E dentro desse universo de “eus”, somos co-responsáveis por todo o nosso agregado existencial. Consequentemente podemos interagir nessas realidades, podendo curar partes obscuras do nosso todo, contatar com realidades superiores, transmutar todo o nosso agregado. Isso ocorre em um primeiro momento com nossos quatro corpos inferiores, tendo em vista ainda não termos consciência da nossa existência multidimensional.

À medida que a nossa consciência primária expande para a quinta dimensão acima as realidades experienciadas em dimensões inferiores são acopladas no núcleo consciencial do ser fundindo-se no nosso eu multidimensional fazendo parte do conhecimento agregado.

Do ponto de vista da nossa mais alta expressão dimensional seremos capazes de ver as muitas manifestações de nós mesmo sem julgamento.

Por outro lado, dentro do nosso agregado individual, ainda coexistimos com outras realidades paralelas, que são as nossas almas gêmeas, partes da nossa mônada criacional. Juntamente com elas coexistimos simultaneamente. Elas representam a extensão da nossa essência criacional e juntas caminhamos em busca do nosso aperfeiçoamento espiritual rumo à consciência crística. O homem caminha para a elucidação do seu contexto como ser multidimensional que é. Ele começa a perceber que não coexiste sozinho. O ego da personalidade única já não alcança compreensão. Porque o momento é único na sua elucidação. A matriz do medo e da culpa já não faz o mesmo efeito inicial.

Caminhamos, enfim, de mãos dadas com tudo o que somos em busca da nossa união cósmica.

Maiana Lena, consciência unificada na missão de servir a luz!

http://www.maianalena.com.br

'Amorosa Mansidão'

A meditação da tradição do Theravada, foi extraída de 'Chop Wood, Carry Water', de Rick Fields:



"Se alguém me feriu ou me prejudicou consciente ou inconscientemente em pensamentos, palavras ou atos, eu o perdoo livremente".

E também peço perdão se feri ou prejudiquei alguém, consciente ou inconscientemente, em pensamentos palavras ou ações...

*

Que eu possa ser feliz

Que eu possa estar em paz

Que eu possa ser livre.

*

Que os meus amigos possam ser felizes

Que os meus amigos possam ficar em paz

Que os meus amigos possam ser livres.

*

Que os meus inimigos possam ser felizes

Que os meus inimigos possam ficar em paz

Que os meus inimigos possam ser livres.

*

"Que todos os seres possam ser felizes

Que todos os seres possam ficar em paz

Que todos os seres possam ser livres"...

*

(Tradição budista do Theravada).

[Fonte: 'Anjos: Mensageiros da Luz', p. 159. Terry Lynn Taylor. Pensamento. Título original: 'Messengers of Light'. 1990].

http://portaldeanjos.blogspot.pt/search?updated-max=2016-07-14T07:57:00-07:00&max-results=7