terça-feira, 15 de agosto de 2017

Medicina Antroposófica

Leonardo Maia
bibliotecadaantroposofia@antroposofy.com.br



“Anthropos”, em grego, quer dizer homem, e “sofia”, sabedoria. A antroposofia busca, assim, o conhecimento global do homem, valorizando não só o seu aspecto corporal, mas também aquilo que está oculto: a sua vida psíquica
e a sua individualidade.

Antroposofia investiga vida do paciente em busca da cura

Eles são médicos com formação científica e diplomas na parede, mas não estão interessados em ouvir apenas as queixas físicas do paciente. Antes do diagnóstico, eles querem saber tudo sobre você: como vai o trabalho, os relacionamentos familiares e os contatos sociais. Perguntam sobre hábitos, modo de vida, traumas do passado, rompimentos, perdas e frustrações. Querem entender a forma como você se posiciona em relação à vida, ao mundo e aos outros. E, na hora do tratamento, eles recorrem, conforme o caso, a uma série de recursos terapêuticos: medicamentos químicos (alopatia), homeopáticos e fitoterápicos, terapias artísticas (canto, dança, pintura, modelagem), massagens, compressas e até banhos especiais.

Essa fusão de técnicas e conhecimentos é própria da medicina antroposófica, especialidade reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina desde 1993. É a medicina convencional ampliada pela antroposofia, ciência espiritual desenvolvida no início do século passado pelo pensador austríaco Rudolf Steiner.

“Anthropos”, em grego, quer dizer homem, e “sofia”, sabedoria. A antroposofia busca, assim, o conhecimento global do homem, valorizando não só o seu aspecto corporal, mas também aquilo que está oculto: a sua vida psíquica e a sua individualidade.

Os médicos antroposóficos partem do princípio de que a doença é um sinal de desequilíbrio interno. Por isso é preciso tratar não só o órgão debilitado, mas as causas que provocaram o desequilíbrio. Essas causas, segundo eles, estão, geralmente, na alma e no espírito do homem. Como alma, os antroposóficos entendem a vida psíquica, a sensibilidade e os processos de empatia e, como espírito, a organização do eu, a autoconsciência.

“Podemos dizer que 90% das doenças crônicas (como alergia, hipertensão, artrite, reumatismo, asma, problemas digestivos e enxaqueca) têm um componente psicossomático”, explica o pediatra Ricardo Ghelman, coordenador do ambulatório de hematoncologia da Sociedade Brasileira de Médicos Antroposóficos, em São Paulo. “Os medicamentos convencionais conseguem suspender o processo da doença. Mas, se você tirar o remédio, volta tudo”, diz ele.

Um exemplo clássico de doença psicossomática é a hipertensão arterial. “Os livros de medicina falam que 80% das causas são de origem essencial, ou seja, de origem desconhecida. Mas o que a gente vê, na prática, é que esses pacientes que não apresentam um problema mais orgânico têm uma tensão de vida. Se você puder tratar um paciente hipertenso com uma terapia artística, como dança, canto ou modelagem, e puder melhorar a qualidade de vida dele, isso terá um impacto muito maior do que a dependência de medicamentos. É claro que um anti-hipertensivo tem indicações, mas, a longo prazo, é importante tratar as causas”, explica Ghelman.

Cura

Na visão antroposófica, as doenças são pequenas crises que surgem justamente para ajudar a pessoa a evoluir, para alertá-la de que é necessário mudar o ritmo diário e harmonizar as diversas áreas de sua vida, como trabalho e lazer. Por isso o processo de cura começa pela busca do conhecimento interno, feito por meio de um levantamento biográfico: o paciente revê as diversas etapas de sua vida para descobrir o que precisa ser redirecionado.

“Na antroposofia, o paciente percebe como a doença se encaixa na história de vida dele e participa do tratamento por meio da mudança de hábitos e comportamentos”, diz a médica Nélida Fontana.

Para ajudar nesse processo de autoconhecimento e cura, os antroposóficos recomendam atividades artísticas e corporais. Essas técnicas estimulam o paciente a entrar em contato com os próprios sentimentos, a se soltar, a descobrir coisas que o agradam ou incomodam e a interagir melhor com o mundo a sua volta.

“Pacientes estressados, esgotados perdem a capacidade de se relacionar consigo mesmos. Mais do que de medicamentos, eles precisam de atividades para reutilizar a criatividade. O som, a cor e o movimento motivam a alma humana” diz Samir Rahme, presidente da Sociedade Brasileira de Médicos Antroposóficos.

A exemplo da medicina comum, a antroposófica pode tratar de qualquer tipo de doença. Mas, em algumas áreas, os resultados são melhores do que em outras. É o caso do tratamento de doenças crônicas e de distúrbios hormonais, principalmente em mulheres que têm tensão pré-menstrual ou estão na fase da menopausa. Outra área de sucesso é a pediátrica.

“O tratamento com remédios homeopáticos na pediatria tem uma resposta mais rápida, porque as crianças têm mais vitalidade e força de autocura”, explica José Roberto Lazzarini, diretor médico do Weleda, laboratório de medicamentos naturais.

Nas doenças em que é preciso um tratamento mais agressivo com medicamentos químicos, como é o caso do câncer, a medicina antroposófica vem sendo usada como terapia coadjuvante, oferecendo alívio para alguns sintomas colaterais, fortalecendo o sistema imunológico e ajudando o paciente a rever seus passos para ter uma vida melhor e mais saudável.

Especialistas

Na Europa, principalmente na Alemanha, na Suíça e na Holanda, a medicina antroposófica é bastante popular. Há até hospitais antroposóficos. No Brasil, o número de profissionais não passa de 300, mas a expectativa da Sociedade Brasileira de Médicos Antroposóficos é que os oito cursos de especialização existentes no país passem a formar cem profissionais por ano. Os cursos, com duração de três anos, estão disponíveis apenas para quem concluiu o curso de medicina.

Onde

A Sociedade Brasileira de Médicos Antroposóficos oferece atendimento com vários especialistas na sua sede, em Santo Amaro, na zona sul de São Paulo. As consultas custam R$ 40. Lá funciona também um ambulatório gratuito para pacientes com câncer. Tel:(11)5522-4744.

Biblioteca Virtual de Antroposofia

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Vidas passadas

VIDAS PASSADAS EM OUTROS MUNDOS

Uma grande descoberta da Terapia de Vidas Passadas é o conceito de alienação. Muitas pessoas já se sentiram desajustadas desse mundo ou da realidade atual; já se sentiram carentes de algo além, que existe em algum ponto do tempo e do espaço, que nos dava felicidade, mas que ficou perdido no passado. Pessoas com esse sentimento frequentemente olham para o céu e sentem que algo lhes falta. Um desamparo pode tomar conta de sua alma, um desejo de retornar ao seu lar de origem, a sua verdadeira casa, com sua verdadeira família. O sentimento de não pertencer a esse mundo, e de estar alienado do meio em que vivemos atualmente chama-se alienação.
Aqui não designamos a alienação da mesma forma que a Sociologia, como estar alheio ao meio social, desligado dos fatos correntes, ignorante e centrado no fútil e no superficial. Tampouco tem relação com a alienação no sentido psicopatológico, de loucura, despersonalização, desatino, etc. A alienação, da forma como entende a terapia de vidas passadas refere-se ao estado emocional e mental do indivíduo que se sente um alienígena em relação ao mundo. É alguém que sente, e intimamente “sabe”, que não pertence a sua realidade atual.
Trata-se de um sentimento ou estado de não pertencimento ao lugar em que se encontra ou de se estar “fora de casa”; distante do “nosso lugar” no cosmos. Ser um “estranho no ninho”, não ser daqui; sentir saudade de outro lugar ou outra época. Essa saudade de outro tempo e lugar é muito comum na alienação. A pessoa sente uma eterna nostalgia de algo que não sabe definir o que é, mas em seu íntimo ela compreende como algo muito precioso que foi perdido. O “alienado” também pode se sentir isolado de tudo e todos, ou mesmo buscar consciente ou inconscientemente esse isolamento como forma de proteção desse mundo que lhe é estranho.
É também comum ao indivíduo com alienação um sentimento de abandono. Mas não se trata de ser abandonado por seu pai, sua mãe, seu irmão, ou por alguém específico. Esse sentimento de abandono vai além, agrupando algo maior e indefinível. É um sentimento de quase “abandono cósmico”, como se a pessoa estivesse jogada nesse planeta, distante do seu lugar natural, e de sua origem. Em outras palavras, a pessoa sente-se perdida num mundo que não é seu, e não sabe o que está fazendo aqui. Há uma espécie de desamparo sutil, uma sensação de ter sido esquecido aqui e estar longe, muito longe de onde era para estar. Como já dissemos, algumas pessoas olham para o céu com saudade de algo que não sabem o que é, mas que lhes provoca saudade e esperança de retorno.
Alguns sentem que sua verdadeiramente família e amigos não são daqui. Seus parceiros evolutivos reais estariam em outro espaço-tempo, ou mesmo outra dimensão. Amamos pessoas que não se encontram presentes, sequer as vimos fisicamente, mas sentimos sua existência por uma memória oculta.
Hans Tendam, o maior pesquisador da TVP, adverte que “enquanto as pessoas preferirem viver lá em vez de vir pra cá, os problemas persistirão…”.
A base da alienação, segundo Tendam, seria um complexo de superioridade, pois talvez os indivíduos não aceitem estar num local de menor importância. Elas podem sentir que tudo neste mundo é muito atrasado, limitado, denso, inferior, imperfeito, complicado, errático, e por isso, podem chegar ao ponto de desprezar o ser humano e o mundo.
Já tivemos a oportunidade de ouvir e atender muitas pessoas com esses sintomas. Uma de nossas clientes relatava que boa parte dos problemas que ela tinha era devido a um pensamento fixo que desde sua infância ela cultivava em sua mente. Esse pensamento recorrente dizia que ela “não pertencia a esse planeta”. Ela não sabia de onde vinha, não era algo muito consciente, não havia a recordação clara de outras experiências, mas ela frequentemente sentia e pensava que era “de outro mundo”.
Outras pessoas com as quais tivemos a oportunidade de dialogar e atender já apresentam uma ou outra lembrança de locais, planos, mundos, realidades, planetas, etc, que elas podem sentir saudade e desejo de retorno. Algumas pessoas lembram vagamente de uma atmosfera diferente em outro lugar. Como se nesse mundo houvesse um céu distinto do terrestre, seja na cor ou mesmo na vibração. Esses outros mundos, descritos pelas pessoas, podem vir de lembranças espontâneas ou provocadas durante a regressão de memória. Geralmente as lembranças provocadas vêm a confirmar as lembranças espontâneas e a completar o que estava faltando na memória.
Há indivíduos que se referem a planetas onde as energias são bem menos densas do que na Terra. Essas pessoas quase sempre aceitam que o planeta Terra pode ser considerado um mundo de alta densidade, com uma vibração bem baixa, além de energias e seres hostis, o que não ocorre no seu mundo de origem.
Essas pessoas podem também sentir falta de alguma característica do planeta de origem. Uma de nossas clientes relatou que ela sempre sentiu falta, desde a infância, de uma cor específica, uma cor que não existe na Terra, mas que internamente ela sabia que existia, pois havia uma vaga lembrança de longas experiências, muito antigas, com essa cor. Outra cliente nos relatou que o planeta Terra é muito iluminado, no sentido físico do termo, ou seja, aqui existe muita luz, provavelmente pela proximidade do sol em relação à Terra, algo que deve ser diferente em seu mundo de origem. Ela sempre dizia que a Terra era “muito clara” e que suas lembranças remontam a um lugar onde a iluminação era menor: “parecido com o entardecer terrestre” dizia ela.
Esses mundos, descritos por algumas pessoas, são habitados por seres menos inclinados a agitação, a emoções inferiores e a conflitos. Os seres desses mundos são geralmente escritos como pacifistas e pensam mais no coletivo do que no individual. Cada mundo tem suas belezas naturais específicas. Alguns falam de belos e verdejantes jardins, outros mencionam mundo onde há abundância de cristais; há também mundos que são difíceis de definir em termos meramente humanos, mas nem por isso são menos reais que a Terra.
Algumas pessoas sentem que perderam pessoas que muito amavam ao vir a Terra. Muitos reclamam que sua “família e amigos verdadeiros não estão aqui”. Uma de nossas clientes disse que sua mentora, que sempre a acompanhava, era na verdade uma habitante de seu mundo de origem, e que ela, a cliente, teve de vir a Terra, mas sua mentora não. Por esse motivo, sua mentora a ajudava em suas tarefas terrenas, para que ela, a cliente, pudesse retirar o máximo de aprendizado das experiências neste mundo e conseguir o despertar espiritual. Em outra ocasião, uma moça me contou um caso de um amor de outro mundo. Ela dizia que sentia não ser da Terra, e contou que, de vez em quando, ela avistava uma luz no céu, e sabia internamente que o “seu amado de outro mundo” estava presente nessa nave. Segundo ela, ele esperava o momento em que eles poderiam se reencontrar, assim que ela cumprisse sua missão aqui na Terra. Certo dia, essa luz no céu apareceu (era provavelmente uma nave), e ela sentiu que dessa nave se irradiava uma luz suave que chegava até a cama onde estava deitada, e sentia fortemente a presença desse ser de outro mundo. Sem nunca o ter visto fisicamente, mas apenas mentalmente, ela sentia que o amava e que também era amada.
Apesar de essas estórias serem difíceis de acreditar, há um grande número de casos que vem a confirma-las, ao menos em parte. No entanto, é preciso tomar cuidado com certos exageros, e saber diferenciar aquilo que tem base real, daquilo que não passa de um devaneio de uma mente que deseja fugir da realidade e começa a imaginar coisas. Nessa área é preciso muito cuidado. Já tivemos contato com histórias extravagantes que fogem ao bom senso e que devem ser vistas com bastante reserva.
De qualquer forma, a alienação, da maneira como estamos descrevendo aqui, não se limita apenas a sentimentos de apego relacionados a outros mundos físicos. É possível que a pessoa sinta saudade e tenha pertencido a mundos não físicos; a universos de pura energia, e por isso sinta um desajuste em relação ao corpo material terrestre, composto de alta densidade. Por outro lado, há também casos de pessoas que estão apegadas ao plano espiritual, ou seja, ao estado entre uma vida e outra, onde gozamos de liberdade e energias mais elevadas do que na Terra. É também possível que a alienação se refira, em alguns casos, a nossas próprias vidas passadas neste mundo, em algum lugar de um passado perdido onde fomos felizes, mais íntegros, e isso nos provoca nostalgia. A fim de verificar a origem dos sintomas típicos de alienação, o melhor caminho que conhecemos é a Terapia de Vidas Passadas.
E como a TVP trata a alienação? O Tratamento da alienação consiste numa técnica chamada “Homing”. Tendam descreve os procedimentos gerais da técnica: “A revivência do lar é uma experiência tão forte, que representa uma verdadeira volta ao lar. Portanto, não há um lugar mais importante do que as sessões de ida para o lar, para voltar ao aqui e agora. Normalmente, as pessoas não querem isso. A solução é tão simples quanto revolucionária: faça com que elas se sintam ali e aqui ao mesmo tempo. É comum que essa experiência termine com o sentimento de uma ligação indestrutível com o lar: nas costas, no pescoço e nos ombros ou na parte superior da cabeça. Às vezes pode até ser entre os olhos; então, nos sentimos verdadeiros cidadãos de dois mundos”.
Essa técnica pode ajudar a amenizar os sintomas decorrentes da alienação, e fazer a pessoa aceitar melhor, ao menos em parte, o estado do mundo atual. Uma coisa é certa: se encarnamos na Terra, é porque precisamos viver neste planeta e atravessar as experiências que existem aqui. Precisamos aprender a arte de estar no mundo, mas sem pertencer a esse mundo. Essa é uma grande conquista para nosso espírito

post em Mente Aberta

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

OBSERVAÇÃO SINCRÔNICA ENTRE A ALMA HUMANA E O COSMOS

"Então… uma certa obscuridade, uma certa letargia se estendeu ao longo da vida da humanidade; os sonhos cósmicos retrocederam e a vida instintiva se fortaleceu…"

Rudolf Steiner

Os seres humanos que viviam na Terra no antigo mundo pagão se sentiam membros de todo o cosmos. Eles sentiam como as forças que atuam sobre os movimentos das estrelas se estendiam à sua própria ação, ou melhor, as forças que surtiam efeito sobre as suas ações. Essa antiga sabedoria foi obtida a partir da contemplação do curso das estrelas e, em seguida, utilizado como base para os preceitos regem a ação humana.

Essas civilizações antigas só podem ser entendidas se a ciência espiritual direcionar sua luz sobre a evolução humana no seu aspecto exterior.

É bem verdade que as pessoas que viviam na terra naqueles tempos antigos tinha uma espécie de vida anímica instintiva, num sentido mais parecido com a vida da alma dos animais do que dos humanos modernos. Mas é um conceito muito unilateral da vida humana dizer que, naqueles tempos antigos, as pessoas eram mais como animais. No teor da alma, o ser humano que se movia sobre a Terra eram, de fato, mais parecidos com o animal, mas esses corpos humanos-animais foram usados por seres anímico-espirituais que se sentiam membros dos mundos supra-sensíveis, especialmente dos mundos cósmicos.

E sempre vamos suficientemente a fundo, pode-se dizer que os seres humanos faziam uso de corpos animais como instrumentos em vez de sentirem-se dentro desses corpos. Para caracterizar esses seres com precisão, devemos dizer que quando eles estavam despertos, eles se moviam com uma vida instintiva como a dos animais, mas esta vida instintiva de alma brilhava algo como sonhos de seu estado dormente, sonhos lúcidos. E nesses sonhos despertos percebiam como tinham descendidos, usando corpos de animais apenas como instrumentos.

Este teor interior e fundamental da alma humana foi então expressa como um rito religioso, no culto de Mitra, com seu principal símbolo de Deus Mitra montando um touro sobre ele o céu estrelado a que pertence, e debaixo dele, a Terra à qual pertence o touro. Este símbolo não era, estritamente falando, um mero símbolo para essas pessoas da antiguidade, era uma visão da realidade. Todo o teor da alma das pessoas, fez-lhes dizerem para si mesmos: Quando estou fora do meu corpo à noite, eu pertenço às forças do cosmos, dos céus estrelados; quando eu acordo de manhã, faço uso de meus instintos animais em um corpo animal.

Em seguida, a evolução humana passou, figurativamente falando, a um período de crepúsculo. Uma certa obscuridade, uma certa letargia, se estendeu ao longo da vida da humanidade; os sonhos cósmicos retrocederam e a vida instintiva se fortaleceu.

Rudolf Steiner – Trecho da GA193

domingo, 16 de julho de 2017

Aquele que vê e identifica como você

MESMO É APENAS UM MINÚSCULO FRAGMENTO DA VASTIDÃO DAQUILO QUE REALMENTE É
Publicado por Fatima dos Anjos em 16 julho 2017 às 22:38 em MENSAGENS DOS MESTRES
Back to MENSAGENS DOS MESTRES Discussions

Mensgaem de Jesus Através de John Smallman

13 de julho de 2017

A vida é para ser vivida e, para fazerem isso, precisam usar suas competências e habilidades humanas, que são diferentes em cada um de vocês e isso, é parte de suas vidas humanas e experiências de aprendizagem.

Com algumas pessoas se sentem em muita harmonia - "na mesma página" - enquanto que com outras, muitas vezes parece não ser um ponto onde possam encontrar e trocarem ideias significativas. E, mesmo com aqueles com quem se sentem mais em harmonia, haverá desentendimentos e confusões. No entanto, estas não são situações de conflito, a menos que escolham por fazerem conflitos com outras pessoas além delas.

Tendem a fazer isso quando estão com medo, medo de falhas ou inadequações, que percebem em si mesmos e para as quais se julgam negativamente, às vezes com bastante dureza. Como muitas vezes já disse, estar humano pode ser muito perturbador. Escolheram experimentar a separação da Fonte e, ao fazê-lo, impuseram severas limitações em si mesmos, o que pode ser extremamente frustrante, já que as interações entre você e outras pessoas se desmoronam por mal entendimentos ou interpretações erradas.

Interiormente, sabem que não é assim que as coisas deveriam ser. Possuem uma lembrança interior, mas oculta, que sabe tudo do que desejam saber e estar com ou sem ela é intensamente irritante e assustador porque consequentemente e geralmente se veem como incompetentes e temem que os outros também percebam e venham a julgar e rejeitá-los por causa disso.

Precisam se lembrar de que são, sempre foram e serão filhos infinitamente amados de Deus, perfeito em todos os sentidos, porque o que Deus cria só pode ser perfeito. O que veem e identificam como "você mesmos" é apenas um pequeno fragmento da vastidão daquele que realmente são.

Seus corpos humanos são apenas pequenos receptáculos no qual encontraram uma parte ou um aspecto muito pequeno de si mesmos para permitir que experimentassem a separação, a solidão, o abandono. Ao fazê-lo, escolheram limitar severamente seus conhecimentos de quem são na Realidade. No entanto, foram criados perfeitos, com alegria, e, embora esse conhecimento esteja escondido de vocês na forma humana, todos têm uma saudade muito profunda de retornarem à Unidade com a Fonte, o status eterno e natural.

Esta separação de parte de si mesmos desenvolveu o ego para ajudá-los a sobreviverem nos reinos físicos, quando liberaram o direito de usarem seus corpos e todas as suas competências e habilidades - física, mental e emocional - o que tem feito. Parece que cederam seus poderes, especialmente quando suas emoções fluem selvagemente impulsionadas pelo medo, pânico ou raiva. No entanto, definitivamente, este não é o caso.

Podem substituí-la, sempre que optarem por fazê-lo, afastando-se da situação, fazendo uma pausa e observando-a. A emoção não se dissipará imediatamente, todavia perceberão que não precisarão agir, que existe uma escolha. Frequentemente, podem optar por agir - muitas vezes irracionalmente - no momento, porque este comportamento lhes parece satisfazer uma intensa necessidade. E essa necessidade é a necessidade de serem vistos, reconhecidos, honrados, aceitos e AMADOS!

É evidente que desejam ser amados porque o Amor é a natureza de cada um de vocês. Sentir-se não amado é extremamente doloroso e esse é o sentimento ou a sensação que a separação proporciona em abundância. A maioria de vocês procura Amor nos relacionamentos com - pais, irmãos, amigos, colegas de trabalho, membros da equipe esportiva e parceiros de vida - mas antes de encontrá-Lo naqueles que convivam com vocês, primeiramente, devem procurá-lo dentro de si mesmos, onde reside eternamente.

São todos Amor e, embora, possam encontrar consolo temporário em relacionamentos humanos, só irão encontrar consolo, conforto e satisfação a longo prazo num relacionamento humano, quando descobrirem a infinita abundância de Amor que reside dentro de vocês.

Para a maioria das pessoas, crescer é um tempo durante o qual eles experimentam muitos julgamentos negativos e não aceitação. As pessoas precisam, com frequência serem amorosamente afagadas a partir do momento do nascimento físico e, na medida em que crescem e se desenvolvem, para que possam revelar ou descobrir o Amor que reside dentro delas, que está escondido até ser amorosamente despertado por parentes próximos.

Quando isso não acontece, tornam-se endurecidos, fingindo a si mesmos e aos outros que não têm necessidades, ou optam por serem feridos e vítimas carentes - na verdade, ambas as facetas tendem a alternar dentro delas, dependendo das situações em que se encontram.

No entanto, todos recebem avisos para preveni-los do fato de que são seres espirituais. A vida material de uma pessoa nunca poderá proporcionar uma verdadeira satisfação. Não importa o quanto de "coisas" venha a reunir, seja material - brinquedos, casas, carros, obras de arte, memorabílias que atraiam alguém - ou emocional - admiração, adulação, respeito, honras – que, no final, nunca será suficiente!

A natureza de todos é o Amor. O Amor de Deus, com quem são eternamente UM e que a aparente falta de Amor (porque eu lhes asseguro que só parece que Ele está faltando) que experimentam consistentemente como seres humanos é dolorosamente terrível e aterrorizante. Construíram a ilusão para experimenta-la, no entanto, não tinham ideia de quão dolorosa ela poderia ser e seria. E o despertar que recebem, embora diferente para cada um de vocês, sempre incluiu a consciência dolorosa de que a vida como um ser humano não é e nunca pode ser suficiente.

O Amor que todos buscam reside permanentemente dentro de vocês, então cessem de procura-lo, vão para dentro, fiquem quietos e permitam que venha a abraça-los. Com toda a certeza o fará, se permitirem que o faça. A maioria de vocês tem grande dificuldade em acalmar suas mentes o suficiente para se tornarem consciente do Amor, porque seus egos são mais vociferantes em seus esforços em convencê-los a se concentrar plenamente no ambiente físico que a ilusão suporta.

Paciência é necessária, todavia, a sua idade moderna é toda sobre a pressa, sobre tanto para ser feito em tão pouco tempo. No entanto, na verdade, muito pouco precisa ser feito com pressa.

Meditar, contemplar, relaxar ou descontrair é liberar a necessidade de se apressar e, ao fazê-lo, descobrem que têm tempo suficiente para tudo do que realmente precisa ser feito para garantir suas saudáveis sobrevivências como humanos. São as ansiedades que os levam ao desenvolvimento de doenças - físicas, mentais ou emocionais - É claro que nunca devem se julgar ou se culparem por doenças. Elas são apenas chamadas mais intensas do despertar, para persuadi-los a entrar onde têm tudo do que precisam para encontrarem a paz, satisfação e alegria - Amor!

E dentro, quando encontram o Amor, Ele brilha e esse brilho que resplandece em vocês atrai outros para si. O Amor é irresistível que, no entanto, muitas vezes, é confundido com experiências amorosas humanas e temporárias que, como não duram, podem lhes causar dores e grandes sofrimentos.

Recolham-se, fiquem quietos e permitam que o Amor possa abraça-los como certamente fará. Então, a paz irá envolvê-los e é quando descobrirão que têm a força e a persistência para se permitirem ser o Amor que têm procurado. E, quando isso acontece, seus medos e ansiedades se tornarão muito menos exigentes ou intrusivos e vocês lidarão com muito mais facilidade com os problemas e questões com que suas vidas humanas lhes apresentam e, então, verão que esses medos e ansiedades, de fato, se dissolveram com o Amor a guiá-los a todo o momento.

Seu amoroso irmão,

Jesus.

John Smallman

Fonte: http://johnsmallman.wordpress.com/

Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge

http://www.sementesdasestrelas.com.br/2017/07/jesus-aquele-que-ve-e...

Propósito e Valor

Mensagem dos Anjos canalizada por Ann Albers

15 de Julho de 2017

Nunca em sua vida você está sem um propósito. Embora exista um grande valor em “buscar o seu propósito””, saiba que o seu verdadeiro propósito aqui na Terra é ver o amor, ser Amor e expressar o amor que surge de você a cada respiração. É realmente muito simples. Nos momentos em que você estiver fazendo isto, você sentirá que a sua vida é alegre, significativa e expansiva.

Embora ter um papel que você ama, realizar ações que parecem “significativas”, ou deixar um legado possam ser expressões de seu propósito mais profundo (ver o amor, ser amor, expressar o amor), eles não são requeridos para viver uma vida que pareça significativa e rica em propósito.

Você pode trabalhar humildemente no jardim durante todo o dia, e ainda encontrar um propósito para estar em paz. Você pode observar as nuvens e sentir que o seu propósito é acolher a tranquilidade. Você pode ajudar uma pessoa, abrindo uma porta e saber que a sua vida teve um significado neste dia. Você pode receber uma pequena crítica e transformá-la em amor e saber que há um grande propósito neste ato para a sua alma.

Não tente se invalidar simplesmente porque você não encontrou uma “atividade” que o faça se sentir importante. Respire… Você tem um propósito nisto, pois agora você é parte do ecossistema no Planeta Terra, alimentando as árvores e recebendo o oxigênio que elas fornecem. Respire novamente… Você acabou de compartilhar a sua energia com toda a criação e está absorvendo as energias de toda a criação. Existe um propósito.

Olhe a sua volta. Encontre uma coisa que seja como o amor para você - uma cor, um objeto, uma pessoa. Feche os seus olhos agora. Sinta o seu coração. Pense em uma coisa que gosta em você. Agora realize a sua próxima ação com grande amor. Vê como isto é simples? Você acabou de ver o amor, foi amor e expressou o amor. Você está vivendo com propósito.

Querido, aos nossos olhos todos vocês são iguais. Da imensidão das montanhas, até à forma de vida unicelular mais inferior, todos vocês são criados do mesmo amor. Cada um de vocês se ajusta perfeitamente à intrincada rede da existência e cada um de vocês tem um propósito.

Deus o abençoe! Nós o amamos muito.

Os Anjos

Direitos Autorais:

© 2013 Ann Albers - www.visionsofheaven.com

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

O Valor da Humanidade

Publicado por Fatima dos Anjos em 16 julho 2017 às 22:33 em MENSAGENS DOS MESTRES
Back to MENSAGENS DOS MESTRES Discussions


O VALOR DA HUMANIDADE

O Conselho Arcturiano da 9ª D por Daniel Scranton

16 de julho de 2017



"Saudações. Somos o Conselho Arcturiano. Apreciamos nos conectar com todos vocês.



Nós tomamos muitas medidas para convencê-lo, enquanto um Coletivo, da sua dignidade. Podemos enviar-lhe muita energia e informação, e podemos informá-lo através dessas transmissões, o quanto você é valioso, o quão belo é e o quanto você é digno de ser amado, mas não podemos fazer você Receber o que lhe enviamos e não podemos fazer você acreditar no que lhe dizemos.



Então, agora estamos adotando uma abordagem diferente. Estamos honrando-os com a pratica da sabedoria que temos das suas origens. Sabemos que a raça humana nasceu do melhor dos melhores que a Galáxia tem para oferecer. Vocês foram de muitas formas projetados por todos nós, que existimos em outras partes da Galáxia, e vocês foram projetados para poder manter uma quantidade significativa de energia da Fonte dentro de seus veículos físicos e dentro de seus sistemas de chakras.



Nós sabemos disso porque quando encarnamos como seres extraterrestres físicos, trabalhamos em conjunto com outras equipes de toda a Galáxia e de outras partes do Universo para garantir que o ser humano seria a melhor expressão possível da Fonte em forma humanoide, e em uma realidade física. O que vocês estão fazendo agora é cumprir esse destino.



Você está realizando nossa intenção para todos vocês, e nem sempre é fácil.



O fato de que não é fácil é um indicador maravilhoso para todos vocês de quanto progresso você está fazendo, quanto trabalho você está fazendo para O Coletivo Universal. É um indicador de quão valioso você é para todos nós em toda a Galáxia e além.



Tivemos um poder em criá-lo e, portanto, confie em nós quando dizemos que você é o melhor do melhor e você é capaz de sustentar imensas quantidades de energia da Fonte dentro de você, e atuar a partir das mais altas frequências que você pode imaginar. E você é de um tremendo Serviço para todo esse Universo por sua mera presença aqui no planeta Terra.



Nós somos o Conselho Arcturiano, e apreciamos nos conectar com você ".



Daniel Scranton

http://danielscranton.com/the-value-of-humanity-%E2%88%9Ethe-9th-di...



Tradução: Vilma Capuano

Ascensção e as mudanças físicas

Durante as Mudanças nestes tempos finais ou Tribulação como é chamado, a Terra e os corpos físicos sobre ela devem sofrer uma mudança à medida que nos movemos da 3ª D para a 4ª e 5ª Dimensões. Grandes infusões da Luz estão chegando ao plano da Terra quando o véu da separação e a negação estão levantando. O planeta está em mutação, assim como os seres nele. Existe uma transmutação que ocorre nas próprias células do seu corpo.

Durante o processo de transformação celular, você pode ver ou sentir mudanças físicas e sensações específicas em seu corpo e nos corpos daqueles ao seu redor, como os seguintes:

I - Dores físicas/de cabeça

Novas dores aparecerão em vários lugares do corpo e, então, desaparecerão. Podem ocorrer dores de cabeça e dores repentinas na cabeça ou nos olhos, e podem ser sinais de que os ajustes estão sendo feitos em suas energias. Esses ajustes irão sintonizar você em diferentes frequências durante a transformação celular. As partes do seu cérebro que foram adormecidas no passado agora estão sendo usadas. Isso pode exigir alguma reconexão de circuitos cerebrais, enquanto padrões cerebrais que não são mais funcionais serão redirecionados. Enquanto você desenvolve uma maneira mais elevada de pensar e ser, você experimentará energias mais criativas e criará níveis mais profundos de meditação.

II – Células

A lei universal prevê que a forma física para a expressão da vida divina de uma espécie pode ser alterada ou reformatada apenas por aqueles que nele habitam.

Isso significa que o DNA de uma espécie de Terra só pode ser alterado através da escolha criativa da consciência que habita dentro da forma do corpo.

O que isso significa para você é que o DNA humano que é responsável por cada aspecto de sua presença física não pode ser alterado por outros seres, nem pode ser alterado por você de fora do plano físico.

Como você muda seu próprio DNA? Para mudar seu DNA e para mudar sua estrutura, você precisa mudar suas emoções.

Você também precisa mudar seus pensamentos porque fazer essas duas coisas significa mudar sua bioquímica e sua química cerebral. Isso significa dor de cabeça e náuseas/indigestão, às vezes; tonturas, sentimentos de rotação e perda de centralização emocional.

Seu líquido cefalorraquidiano está sendo preenchido com depósitos minerais descartados. Você está literalmente descamando seu corpo e você está reconstruindo-o. As mudanças serão muito intensas e serão muito desafiantes para você durante o processo de destruição.

Vocês são engenheiros genéticos das novas espécies do mundo. Se você concorda com isso e você está disposto, você deve reorganizar e reconstruir seu próprio DNA. Você mora em seu corpo e você mudará enquanto você estiver morando nela. Algumas pessoas já começaram a fazer isso.

III – MUDANÇA DA COR DA PELE

Durante a transformação celular, a repigmentação do corpo irá ocorrer. Tipos diferentes de marcas incomuns (redondas, vermelhas, brancas, etc.) aparecerão na pele dos jovens, bem como da dos mais velhos. A pele é um órgão que funciona como uma ponte entre matéria pesada e matéria menos densa do campo áurico do corpo.

IV – MUDANÇAS NA FORMA DO CORPO

Este ciclo de tempo agora está chegando ao fim e seu corpo está começando a mudar de forma. À medida que você retorna à sua sequência do tempo original, você retornará pelo que você passou. Algumas pessoas podem notar que a cabeça delas parece estar tentando se expandir e terão dores - quase como se alguém estivesse tentando forçar sua cabeça a uma forma maior.

Mudanças na forma do corpo vão acontecer lentamente ao longo do tempo. Atualmente, as mudanças que estão ocorrendo estão acontecendo no interior do corpo na infra-estrutura nos seguintes locais:

*no sistema celular do sangue; no sistema nervoso central; na medula óssea; no padrão do cérebro, como ele está enviando e recebendo informações da Fonte divina.

Muitos sentem que algo está acontecendo, mas não podem vê-lo no espelho. No seu futuro, você verá uma maior leveza, uma expressão do corpo, sua leveza de ser - e até de estar mais alto. Algumas pessoas experimentarão mudanças de peso. Esteja ciente dos alimentos que ingere, da sua conexão com a Terra.

V - MUDANÇAS no SISTEMA ENDÓCRINO e NO SISTEMA NERVOSO CENTRAL

Há um aumento de um enfraquecimento no sistema imunológico com a aceleração do sistema nervoso. Existem muitas novas vertentes da doença (um desequilíbrio). Mais pessoas estão experimentando um nível mais profundo de frustração e agitação agressiva que está criando muitos sintomas no corpo, muitos distúrbios nervosos - com explosões de raiva e violência.

Há uma tecedura acontecendo para acomodar o aumento da intensidade da luz. Essa energia é colocada ou conectada através do sistema nervoso. Quando esses impulsos disparam contra a pele, você pode experimentar sensações térmicas anormais. Se eles disparam para os órgãos e glândulas, eles podem inibir o funcionamento normal delas.

Sugerimos um maior contato com o mundo natural colocando os pés e mãos na terra. Também seria útil estar em maior contato com a água (um aquário, tigelas de água,etc). Isso ajuda a criar um maior equilíbrio no campo eletromagnético. O aumento das energias elétricas requer uma remodelação completa do sistema nervoso, enquanto todos os órgãos e glândulas do corpo estão sendo totalmente reestruturados. À medida que você incorpora o Corpo De Luz, a maioria desses órgãos e glândulas não será mais necessária, e gradualmente irá atrofiar e desaparecer.

O processo de mutação é implementado pelo sistema nervoso central iniciado dentro da estrutura do cérebro molecular. Você encontrará níveis bastante elevados de proteínas excretadas em fluidos corporais, como a urina.

Como passamos pela transformação celular (o período de transição do antigo mundo moribundo para o novo mundo emergente), haverá momentos em que você pode sentir se desconjuntando/deslocado completamente. Isso será frustrante . Você pode se sentir menos funcional, o que ocorrerá à medida que você liberar as formas antigas e antes que as novas formas tenham sido totalmente formadas.

Essa mudança fará com que você tenha uma tendência a ter auto-estima menor.

Também irá criar uma variedade de problemas de sobrevivência. Use terapias corporais capazes de ajudar em liberar energias. Essas energias são mantidas na matriz cristalina dentro das estruturas e tecidos do seu corpo. Quando é feita em conjunto com o som, é especialmente eficaz. Uso de florais, homeopatia, etc, são bem-vindos.

VI – HÁBITOS DE COMER E BEBER

Recomendamos que cada um aprenda a voltar para dentro e a se reconectar com a sabedoria corporal e aprender a perguntar, pois a condição muda constantemente. Então, um dia, talvez você precise ter uma grande quantidade de carboidratos, em outro, você precisaria tomar outro tipo de suplemento alimentar, clorofila ou alimentos verdes.

Você deve perguntar diretamente ao seu corpo: o que neste dia posso fazer para criar uma sensação de fluxo na minha vida?

VII - FLUXO DE ENERGIA NO CORPO

Durante a transformação celular em seu corpo, haverá aumento do fluxo de energia sentido principalmente no sistema parassimpático do corpo (membros inferiores, pernas, junções ao longo da coluna vertebral e especialmente os gânglios onde a lombar inferior está posicionada) e nos ombros . As sensações elétricas mover-se-ão para cima e para baixo dos membros do corpo. Algumas pessoas também experimentam suores e enxaquecas. Você notará maiores energias ao manifestar um pensamento. É bom ter cautela com essas energias e seus pensamentos, porque eles serão ampliados durante o tempo de transição durante a transformação celular.

VII – HÁBITOS/EXERCÍCIO

É importante beber muita água. Também é importante fazer mais exercícios físicos (caminhadas, corridas, natação). O exercício da dança também é poderoso porque muitas vias energéticas podem ser cortadas e integradas em todo o corpo com o movimento.

VIII- OLHOS

A porção branca dos olhos pode mudar gradualmente de cor, pode tornar-se injetada de sangue e tornar-se um pouco mais escura, ou ter um leve tom rosa ou de marrom ou verde. Esta mudança refere-se ao aumento da velocidade do sangue perto da superfície dos olhos. O campo visual dos olhos irá se alterar e você começará a ver as dimensões, enquanto sua visão física é ajustada ao interagir com a abertura do Terceiro Olho.

IX - UNHAS

Podem aparecer mais nervuras nas unhas na parte lisa e na meia lua, que pode começar a variar e pode ficar ondulada.

X - CABELO

Pode ocorrer uma alteração no cabelo, e na espessura, que gradualmente se tornará mais espessa ao longo dos anos.

XI - CABEÇA

À medida que você começa a reformatar, coisas se desprendem, partes saem dos tecidos em seus corpos. Nos seus crânios, naqueles que estão em mutação, e mesmo aqueles que estão pensando em se preparar para isso, existem muitas estruturas minerais que estão sendo derramadas no líquido cefalorraquidiano. Este material se move para a coluna vertebral, através dos nervos e para fora no tecido, de modo que, ao você reciclar este material descartado, você ficará muito desconfortável. Pode haver sensações de perturbação mental, olhos, coluna e nervos (tonturas, dores e pressões na cabeça); até certo ponto sua audição será alterada; e, acima de tudo, sua capacidade de ter um foco nítido em todos os momentos.

Se você tem a sensação de que você está perdendo sua clareza mental, que certas coisas estão acontecendo na sua cabeça, incluindo dores de cabeça, que fazem você sentir que você tem curto circuitos dentro do seu cérebro, isso é devido ao desmantelamento deste material.

As mudanças de humor também são sintomáticas das tentativas do corpo de integrar mais Luz. Pode haver momentos em que você se sente maravilhoso e tem uma grande energia, seguido por depressão à medida que experimenta a sedução do velho mundo.

XII - AUDIÇÃO

O alcance auditivo se expandirá para que você possa ouvir os sons atualmente inaudíveis da Criação Divina dentro de você e do que o rodeia. Os tons nos ouvidos também podem ser transmissões de entidades espirituais de outras dimensões. As informações dessas Fontes se tornam conhecidas no momento apropriado.

XIII - CORAÇÃO

As palpitações cardíacas podem ser sentidas às vezes em que seu coração se torna em sincronia com o ritmo do batimento cardíaco da Terra. Alterações também podem ser experimentadas no tecido muscular do coração que parece estar se espalhando à medida que o músculo cardíaco se torna mais denso. Esta mudança permitirá que o coração dure mais e crie uma vida de 150 anos. O ritmo normal do pulso aumentará cerca de três a quatro batidas nos próximos dez a doze anos.

Você pode ver uma maior constrição ao redor do coração. Mais ataques cardíacos ou várias doenças ocorrerão onde há fluxo restritivo de energia em torno do centro do coração. Isso pode ser evitado com uma maior conscientização sobre essa energia e uma maior abertura às emoções, deixando ir, não mantendo tanta emoção no corpo, mas encontrando formas para que as emoções sejam harmonicamente experimentadas. As emoções devem ser sentidas, não negadas e podem então criar mais fluxo e menos fechamento da força vital.

XIV. SURTOS DE CALOR E FRIO

Estes serão sentidos muito mais. É como se seus motores estivessem sendo reconstruídos e o medidor de temperatura estiver sendo substituído.

Isso está acontecendo para todos os seres, sejam eles conscientes ou não.

Aqueles que estão escolhendo não permanecer no planeta, embora possam não estar conscientes de sua escolha, decidiram não se submeter a esse nível de aceleração e mudança no corpo.

Aqueles que estão escolhendo estar aqui neste momento durante esta rápida aceleração e deslocamento do corpo físico, da mente física e do sistema emocional, vão fazer essas escolhas conscientemente para muitos - e inconscientemente para muitos.

Mas todos serão definitivamente afetados pelas energias. Todos experimentarão, em algum nível, uma mudança no corpo, pois ele se move naturalmente para um maior nível de receptividade e alinhamento com a sua Fonte.

XV - MUDANÇAS DE MEMÓRIA

Mais pessoas agora podem sintonizar sua consciência para receber forças invisíveis ou comprimentos de onda do Universo e usar essa nova consciência para se transformarem em uma nova forma de ser. Estes novos impulsos recebidos de energia estão afetando as células que compõem os corpos mental, emocional e espiritual.

Haverá momentos em que você se inspirará em lembranças intermitentes, recordação de situações passadas e vidas e outras realizações. Insights que são eternos, e cósmicos, estão começando a se infiltrar em seu corpo e a iluminar a mente humana de maneira a ativar as células do corpo interno.

Você pode encontrar-se no meio de uma frase quando de repente você esquece completamente o que você ia dizer. À medida que você se move para um estado de Graça durante a transformação celular, mais difícil será fazer referência ao seu passado através do seu sistema de memória. Todos os dados inúteis estão sendo tirados de seus arquivos de memória.

XVIII – EXPERIÊNCIAS EXTRA CORPÓREAS

À medida que o Véu está diminuindo, você perceberá que não há limites entre seu eu físico, seu Eu Superior ou alma e seu ser multidimensional; e com seres de outros reinos.

XIX. DISTÚRBIOS DE OUVIDOS/NARIZ

Perturbações nessas áreas são um dos principais sinais de transformação celular. Mais pessoas estão passando por desconfortos gripais, de drenagem, sinusite, e dores de cabeça. Estes transtornos aumentados continuarão a ocorrer durante a transformação celular - com a intensidade aumentada da energia recebida. Durante estes tempos, será especialmente útil tomar mais banhos e beber muita água.

XX - SONO E SONHOS

Estão se movendo para as dimensões mais altas. Isso está criando uma confusão temporária de tempo. Vocês terão sonhos estranhos às vezes. Você vai acordar e se sentir confuso. Sua consciência está se movendo para frente e para trás. Você está tendo um vislumbre dessa experiência em seus sonhos.

Você pode encontrar-se dormindo muitas horas mais do que o habitual e ter que fazer cochilos durante o dia, e então precisar de muito pouco sono e ter uma abundância de energia. O que você vai constatar é que quanto mais Luz você traz para seu corpo, menos tempo você vai precisar para dormir.

É importante que você possa usar esse tempo extra para um aspecto mais elevado – e não para ocupar-se na 3aD.

Você vai precisar reduzir o uso de rádio e televisão e você achará que até as luzes elétricas vão começar a prejudicá-lo, e começar a reduzir isso.

XXI – SUOR E CANAIS LACRIMAIS

A maioria das pessoas durante a transformação celular sua menos. Quanto à lágrima, será ligeiramente mais espessa e será composta por mais compostos minerais.

Conclusão

À medida que o processo de transformação celular progride, você estará em ponderação num sentimento de indignidade errôneo. Toda a escuridão contida dentro de você, em sua mente, você considera como seus próprios pecados. Você obteve um marcador genético, e você tem um avaliador que continua a marcar se você está conseguindo certo ou não.

Você não conseguiu imaginar que você era puro e divino o suficiente; que fosse suficientemente bom, brilhante o suficiente para manter a Luz do Cristo em seus corpos.

Você está lidando com imensas mudanças biológicas com todos os problemas psicológicos, mentais, conceituais e emocionais que herdou quando você chegou. Você tem que lidar com muitos problemas complicados em sua vida, alguns dos quais você não está ciente no momento presente. e estão todos contidos em seu corpo.

Para se unir à Criança Crística, você deve renunciar ao guardião (ao controlador). Você tem que abandonar a avaliação de cada um de seus atos, seus pensamentos, todos os seus sentimentos, todas as suas sensações.

Você acha que seria possível que você tivesse dor de cabeça e que seria bom? Você acha que poderia ter indigestão ou tonturas e isso seria bom? Você acha que poderia machucar outra pessoa e ainda seria certo?

Enquanto você está em metamorfose todas essas coisas estão sendo jogadas pelo seu DNA. Você não as tem dentro de você porque fez algo errado. Quando as coisas veem dos lugares profundos dentro de você – é porque você tem que enfrentá-las. Você deve eliminá-las do DNA de seus corpos. Elas também serão derretidas em seu corpo e nos níveis etéricos.

A religião disse que a Deidade quer que você se comporte de certa maneira. Quando você chegou aqui, você também trouxe consigo uma sensação de que algumas coisas poderiam ser boas e algumas poderiam ser malignas.

O julgamento de si mesmo não é mais útil - você precisa liberar.

Existe um fluxo constante no seu sistema de energia que registra quando você fez algo bom e quando fez mal. Os sentimentos de ser julgado provocam uma grade em sua bioquímica e um nó ocorre em você. Esse aperto causa um agrupamento do material que você está tentando liberar devido ao processo de mutação. Este aperto interfere com o processo de destruição e com o processo de reconstrução em curso dentro de você.

Portanto, toda vez que você faz um julgamento de si mesmo, você agrava o saldo de pH em seu corpo. Esta mudança do Ph interfere com o fluxo elétrico dentro do corpo.

Você também agrupa em fragmentos o lixo descartável em seu corpo e estes são mais difíceis de passar por seus corpos.

O julgamento, portanto, interfere com a mutação confortável e irá criar o medo. Se você planeja autoaperfeiçoamento e você continua repetidamente falhando em seu plano, o MEDO OCORRERÁ.

Este TEMOR pode assumir as seguintes formas:

. Você nunca encontrará a solução certa. B. Você nunca será capaz. C. Você nunca será digno. D. Você nunca adotará esse processo de ser bom. E. Você nunca adotará esse processo de estar certo. F. Você nunca adotará esse processo de ser espiritual.

Cada pessoa, em sua singularidade, estará mais adaptada a certas energias do que outras. Seja qual for o comprimento de onda em que o seu design particular é calibrado, esses comprimentos de onda são caminhos em sua consciência. Uma vez que você começou a se transmutar (mudar), as energias dessas frequências particulares do Universo aproveitarão esses caminhos para transmutar mais e mais das mesmas energias para você.

Pode parecer que as questões que você pensou ter tratado e resolvidas, de repente, ressurgiram em sua vida, maiores do que nunca, com mais intensidade e drama do que antes. Você precisa reconhecer apenas que essas energias estão presentes e, em seguida, deixá-las passar. Saiba que você está transmutando-as para muitos que ainda não estão conscientes o suficiente para fazê-lo por si mesmos.

Você precisa entender claramente os atos dolorosos e as coisas que você chamou de "ruim e maligna". Se você soubesse o que realmente estava acontecendo, e se você entendeu a essência das ações, você entenderia que eram necessárias e apropriadas para você crescer e mudar.

Os julgamentos destruirão sua estrutura física. Na próxima mudança de eixo polar magnético, os julgamentos destruirão seu corpo, aqueles que você fez contra você e todos os que você fez diariamente em pequenas coisas.

Todos os julgamentos sobre qualquer coisa, como alimentos, dores e sofrimentos no corpo, roupas, suas relações com outros, etc., afetarão seu corpo e o processo de mutação acontecendo dentro. Esses julgamentos estão destruindo o equilíbrio dentro de seus corpos. Eles estão fazendo o processo de mutação difícil, doloroso e muito deprimente enquanto continua a julgar não só a si mesmo, mas também a outros.

Isso é algo que você terá que parar de fazer. Você terá que se mover para a auto-aceitação. bem como de outros, a fim de criar um ambiente bioquímico e eletromagnético em seus corpos, otimizando a oportunidade para o corpo mudar facilmente. Isso então ocorrerá com algum equilíbrio e alguma estabilidade, e com um sentimento emocional de bem-estar.

Isso não é nada que está sendo tirado de você durante a transformação celular (mutação) sem o seu consentimento. É algo que está sendo purgado do seu sistema porque você está desejando aumentar a frequência de sua vibração. Isso é chamado de "Ascensão".

Há agora uma maior percepção e um maior desejo de amor e harmonia e paz entre muitas pessoas.

Existe uma Ordem Divina para tudo na vida. É por esta razão que você está onde está em um certo momento na vida, é exatamente onde você deve estar de acordo com o desdobramento divino da sua consciência e Vida.

Compilação de House of David Teaching Centre

Tradução (trechos) Vilma Capuano

O Plano Divino

postado por Fátima dos Anjos

Por Alexandrian Kosmos

15 de julho de 2017



Existe um Plano Divino que está evoluindo individualmente para cada Alma na Terra.



Todo e cada Plano Divino da Alma iniciou-se em 27 de março de 2017, quando a Mãe Terra completou a totalidade da sua própria Transição de 5a D, e tenha assumido que participará da 5a D da Mãe Terra.



O Plano Divino individualizado de cada Alma envolverá vários estágios para cumprir a manifestação da responsabilidade única e individual da Alma dentro da 5a D da Mãe Terra.



Muitos estão familiarizados com um plano divino para uma vida após a morte dentro de um contexto religioso, mas este Plano Divino não é um plano religioso nem pertence a nenhuma seita, prática ou organização religiosa particular - pois o Plano Divino da 5a D é Inclusivo e envolve cada membro da nossa família humana inteira!



Muitos parecerão perdidos na manifestação do plano divino individual da Alma para a 5a D simplesmente porque existem novas condições alinhadas dentro da Nova Realidade emergente da 5a D da Mãe Terra. Embora a maioria da humanidade possa não estar ciente das nossas novas condições na Nova Realidade, agora já estamos muito além da fase de inicialização.



Como a humanidade evolui com as novas condições da 5a D da Mãe Terra nos próximos anos, amados, dependerá em grande parte de quantas Almas individuais optarem por manifestar o Plano Divino individual de Sua Alma para participar da 5a D da Mãe Terra.



O Plano Divino da 5a D da Alma foi iniciado em 27 de março de 2017, quando a Mãe Terra completou a totalidade de sua transição da 5a D, permitindo-lhe participar plenamente dentro da 5a D do Universo como um Planeta criador da 5a D.



Nossa própria responsabilidade dentro da 5a D da Mãe Terra é baseada em nossa compreensão das Três Condições do Amor do Universo que devem ser incorporadas para permitir que nossas Escolhas da 5a D se manifestem - O amor é TODAS AS COISAS, o Amor nunca julga, e o Amor nunca obstrui o Livre-arbítrio!



Quando as Três Condições são respeitadas em tudo o que pensamos, dizemos e fazemos, todos estarão bem em assumir as responsabilidades do Plano Divino da Alma da 5a D da Alma!



No entanto, a dificuldade inicial de aderir às Três Condições de Amor do Universo não será originária dentro de nós, mas do resíduo da Frequência da 4a D da Mãe Terra dentro de nossas sociedades e instituições sociais; pois agora estamos atualmente dentro de uma Transição Social de 5aD, amados - no desfidaleiro de ReCriar a Mãe Terra para a 5a D.



O impulso para começar a ReCriação da Mãe Terra para a 5a D está todo dentro do Plano Divino da Alma para a 5a D. Se buscássemos liderança dentro da organização de nossas sociedades e instituições sociais atuais, só encontraríamos uma liderança sem resposta sem a menor ideia das nossas novas Condições dentro de uma nova realidade emergente.



O Plano Divino da 5a D da nossa Alma não se manifestará nas condições de nossas sociedades e instituições sociais atuais.



Mas não se preocupe, amados, ninguém precisará se levantar e derrubar nossas sociedades atuais e instituições sociais para a nossa Mãe Terra, que já está no trabalho na sua renovação.



De 19 de abril de 2017 até 27 de dezembro de 2018, a Mãe Terra manifestará a "Grande Dissolução" da sua antiga Frequência Vibratória da 4a D, que, no final, resultará no surgimento de nossa Sociedade da Luz - de setembro de 2019 a fevereiro de 2020 - pouco antes da Mãe Terra inicializar o processo para manifestar um novo corpo físico para a 5a D em 25 de abril de 2020.



Agora, temos mais do que apenas as Almas do Trabalhador da Luz na Terra emergindo para participar da 5a D da Mãe Terra - agora temos muitos homens de Almas Iluminadas emergindo na consciência de que as nossas sociedades e instituições sociais estão se tornando ainda mais disfuncionais e obsoletas. Mesmo se eles ainda não sabem como definir o problema para resolvê-lo!



Em 25 de julho de 2017, a Mãe Terra estará no primeiro dos quatro pontos cardeais para o início da nossa Sociedade da Luz! Os próximos três pontos chegarão à Terra em 19 de abril de 2018, 26 de novembro de 2018 e 11 de agosto de 2019. Embora ainda seja bastante difícil manifestar a plenitude do Plano Divino da Alma da 5a D em nossas sociedades atuais , não será tão difícil avançar!



Para avançar o Plano Divino da 5a D da Alma, todos teremos que começar a reconhecer e a colocar em prática as Três Condições do Amor do Universo - O Amor é TODAS AS COISAS, o Amor nunca julga, e o Amor nunca obstrui o livre arbítrio! Sim, haverá muitos que ainda estarão levando uma mentalidade de 4a D nos próximos anos, mesmo na chegada do período de vida da nossa Sociedade da Luz - de setembro de 2019 a fevereiro de 2020.



Mas eles se tornarão cada vez menos entre as massas, pois tudo e todos estão em um processo de transformação, já que a Mãe Terra é agora um Planeta Criador da 5a D do Universo! As capacidades aprimoradas da Mãe Terra como um Planeta Criador da 5a D tornar-se-ão ainda mais pronunciadas uma vez que ela se alinha nos quatro pontos cardeais/fundamentais para a manifestação da nossa Sociedade da Luz!



A partir de 25 de julho de 2017, a Mãe Terra se preparará para o "efeito Vega" em Seu Corpo - o processo interno Dela para mudar Seus ímãs internos para se alinhar com Sua nova Estrela Magnética - Vega: de 25 de setembro a 23 de dezembro de 2017!



Nossos dias parecerão muito mais longos e repletos de caos e confusão, sempre presentes em todos os sentidos, não só para os líderes mundiais, que liderarão sem uma pista das Novas Condições emergentes em nossa Nova Realidade, mas também uma humanidade que cresce impaciente esperando uma Nova aliança de liderança emergir.



O Plano Divino da 5a D da nossa Alma não se manifestará nas condições atuais de nossas sociedades e instituições sociais! Se continuássemos a promover o trabalho de nossa Alma dentro de nossas sociedades atuais e instituições sociais que servem para endossar os dons e talentos da nossa Alma para um mundo de competição, comparação, julgamento e medo, todo nosso trabalho, amados, seria dito e feito na Terra.



No entanto, a Mãe Terra alcançou um novo papel em 27 de março de 2017, seu novo papel como um Planeta criador da 5a D que servirá para realizar os dons e talentos da nossa Alma através do Plano Divino da Alma para Criar a Alegria e a Felicidade com a Luz, o Amor, e Harmonia da Mãe Terra!



O Plano Divino da Alma evoluirá ainda mais com a realização de cada estágio previsto nos alinhamentos dos pontos cardeais da Mãe Terra.



O primeiro, em 25 de julho de 2017, servirá para aprimorar nossa experiência na 5a D, aumentando a capacidade de nossa Alma de se manifestar na plenitude do "Efeito Vega!".



O segundo alinhamento do ponto cardeal em 19 de abril de 2018 servirá para melhorar nossa Ativação da Alma através do "efeito Vega";



Enquanto o terceiro em 26 de novembro de 2018 produzirá um extraordinário Despertar Espiritual dentro de todas as nossas sociedades e instituições sociais antiquadas!



Com o alinhamento final do ponto cardeal da Mãe Terra em 11 de agosto de 2019, aqueles que estarão prontos para o processo de inicialização da Terra Mãe em manifestar seu novo corpo físico da 5a D estarão testemunhando uma nova Era e o surgimento de uma nova sociedade - nossa Sociedade de Luz projetada especificamente para a Manifestação do Todo o Divino Plano da Alma!



Alexandrian Kosmos

Uma Cosmologia da Integração do Sistema Solar à Comunidade Universal. Usa a Astrologia do Futuro, Metastrologia, para prever o Fluxo das Energias Universais para o Trabalhador da Luz. A Metastrologia irá surpreendê-lo com a sua precisão e insight para a nossa entrada na 5 ª D e Comunidade Universal.

Http://alexandriankosmos.blogspot.com.br/2017/07/the-divine-plan.html



Tradução: Vilma Capuano

Criaturas míticas existem?

Mensagem dos Guias Angélicos através de Taryn Crimi

26 de junho de 2017



Hoje discutiremos algo um pouco diferente do habitual. Gostaríamos de concentrar sua atenção na existência do que muitos acreditam ser “criaturas míticas”. Nós compartilharemos com vocês nossa perspectiva sobre esses seres em relação à sua existência em seu mundo. Saiba que, de fato, existem muitas “espécies” em seu mundo, as quais seus cientistas ainda não reconheceram. Alguns seres não estão prontos para serem descobertos neste momento, pois isso seria prejudicial para a existência deles. Somente quando o coletivo humano estiver pronto para reconhecer a divindade dentro de cada ser, essas populações serão conhecidas pela humanidade.



Primeiramente, começaremos por fazer uma pergunta: O que torna algo um mito?. A isso muitos responderiam, que um mito é simplesmente algo que não pode ser comprovado, que não foi aceito como “real” ou que existe apenas em “contos de fadas” e histórias. Agora, embora tenha havido contato humano com alguns desses seres, eles certamente não foram aceitos como sendo “reais” em grande escala entre o coletivo humano neste momento.



Pretendemos compartilhar com você nossa perspectiva sobre cada um desses seres. Nos tem sido questionado: “Esses seres são reais?” Para isso, respondemos, eles são tão reais quanto você.



Começaremos com as Sereias e Tritões no seu mundo. Sim, existem de fato muitas sereias nos oceanos e mares em seu mundo. Muitas vezes, eles não são detectados, pois temem os humanos no momento. Eles são bastante sociais e vivem em comunidades profundas em seus oceanos. Parecem um pouco semelhantes às suas representações “míticas”, na medida em que se assemelham ao tronco e ao corpo superior de um humano e a parte inferior de um peixe. A descrição é semelhante a descrição de um golfinho em que contém cartilagem, bem como músculo que é coberto por uma camada lisa e espessa de pele. Eles não têm os rostos exatamente como de um humano, em vez disso, você consideraria seus rostos “estranhos”, pelo fato de eles não terem nariz. Eles têm brânquias em vez de pulmões e, como resultado, eles não têm um nariz no rosto para respirar ar. Houve humanos que encontraram populações de sereias; No entanto, isso na maioria da vezes foi considerado como um mito quando essas pessoas falaram sobre os encontros.



Você descobriria que existem inúmeras e grandes comunidades constituídas por Sereias e Tritões, e exatamente como qualquer outra espécie em seu planeta, eles evoluíram para se destacar no ambiente em que habitam. Como resultado, diferentes comunidades desses seres assumiram características e habilidades diferentes para ajudá-los a se destacarem em seus ambientes. Todas as comunidades de sereias e tritões habitam a água. Alguns são nativos de água salgada, enquanto outros habitam nas nascentes de água doce. Aqueles que habitam os oceanos profundos evoluíram para gerenciar as pressões extremamente altas nessa região. Eles também desenvolveram a capacidade de usar o sonar como uma forma de visão, pois é muito escuro no fundo do mar. Aqueles que habitam as fontes de água doce são muitas vezes menores em tamanho e estrutura corporal, pois não requerem a mesma quantidade de massa muscular que seus parentes nos mares profundos.



Eles poderiam ser considerados nômades, no sentido de que eles na verdade não moram em casas permanentes; Bem como as espécies de golfinhos e baleias que existem em seu mundo. No entanto, eles configuram áreas de repouso que lhes permitem dormir, comer e brincar uns com os outros. Eles viajam em colônias e é muito raro encontrar um tritão ou uma sereia solitária. Eles são incrivelmente brincalhões e desfrutam de vidas muito despreocupadas. Há muitos de vocês que gostariam muito de interagir com eles quando chegar a hora certa.



Em seguida, falaremos sobre os elementais que consistem nas Fadas, Gnomos e Duendes. Esses seres são, naturalmente, muito reais e existem em abundância em seu mundo. Eles costumam coexistir ao lado de muitos humanos, porém raramente são detectados. Como as sereias, esses seres também têm medo do coletivo humano como um todo. Certamente, existem seres humanos com os quais eles confiam o suficiente para interagir regularmente, no entanto, eles ainda não foram amplamente aceitos como sendo “reais”.



Os elementais trabalham “de mãos dadas” com a Mãe Natureza. Muitas vezes, aqueles que conseguem um vislumbre desses seres, são bastante apaixonados pelos lugares “ao ar livre” e muitas vezes gostam de jardinagem, plantação e amam os animais. Muitos de vocês têm sido regularmente ajudados pelos elementais, embora muitos ainda não tenham conhecimento de sua presença.



As fadas sempre podem ser encontradas em áreas rurais e cheias de natureza. Existem fadas masculinas e femininas. É possível detectar esses seres em sua forma física, embora seja muito mais comum que sejam vistos como um brilho ou cisco no canto do olho. O motivo é que muitas vezes eles estão vibrando muito rapidamente para serem detectados pelo olho humano. Alguns de vocês já tiveram encontros com esses seres, enquanto fora da natureza. Saiba que quando você vê aquele brilho ou cisco no canto do seu olho, você acabou de ver uma fada que confiou em você o suficiente para ser vista.



As fadas frequentemente vivem entre as árvores e dentro dos jardins, então, na próxima vez que você estiver na natureza, você pode chamar as fadas na esperança de que você possa ganhar a confiança para formar um vínculo amoroso com elas. Elas costumam cuidar dos jardins daqueles que sentem alegria e prazer em cultivar a jardinagem.



Os Duendes e os Gnomos também estão dentro do grupo conhecido como elementais. Os gnomos muitas vezes vivem no subsolo, sob a terra, enquanto os Duendes se sentem mais confortáveis vivendo dentro das árvores. Tanto os Duendes quanto os Gnomos vivem em pequenas comunidades onde se alimentam e compartilham a fartura que eles colheram. Eles são trabalhadores muito sérios, no entanto eles também adoram brincar tanto quanto são sérios.



Os Duendes são mais gentis e mansos na natureza, enquanto os Gnomos são mais travessos. Eles gostam de brincar e, muitas vezes, vão ousadamente interagir com os humanos com os quais eles convivem. Sabe-se que os gnomos armazenam pedras nos seus sapatos e trocam de lugar objetos humanos. Eles não representam nenhum prejuízo, embora considerem uma ótima diversão o fato de não serem percebidos e, ainda, têm a capacidade de brincar e fazer piadas inocentes contra os humanos que não os percebem.



Devido aos Duendes serem um pouco mais tímidos, eles são mais moderados e desfrutam da vida simples. Eles além de viverem dentro de comunidades, também vivem no interior de raízes de árvores, bem como troncos de árvores ôcas. Eles são frequentemente responsáveis por ajudar as árvores a crescerem e permanecerem saudáveis. Eles têm um parentesco mútuo com as árvores, pois a árvore oferece abrigo e uma casa acolhedora, enquanto garantem que a árvore seja devidamente cuidada.



Agora, vamos explanar um pouco sobre os seres conhecidos como Unicórnios e Lemurianos e como eles estão interligados. Os unicórnios ao contrário dos outros que mencionamos, não existem mais na sua realidade neste momento; No entanto, estes seres certamente existiram em seu mundo. Os unicórnios eram mais comuns na época da Lemuria e da Atlântida. Os lemurianos foram responsáveis pela criação dos unicórnios como espécie. Lemuria “foi” uma civilização muito avançada que habitava um continente muito grande no centro do que agora se conhece como oceano pacífico. Lemuria era aproximadamente 3 vezes o tamanho da maior ilha da Atlântida, que estava localizada no oceano Atlântico. Grande parte dos restos físicos desta sociedade foi destruída, embora ainda haja algumas estruturas físicas que permanecem no Oceano Pacífico neste momento. Você eventualmente descobrirá grandes estruturas de pedra, bem como arquivos dessas grandes civilizações “passadas”. Os arquivos foram codificados em cristais específicos em seu mundo e, quando for o momento certo, o coletivo humano os descobrirá.



Os lemurianos eram uma sociedade muito pacífica que valorizava a divindade em todas as criaturas. No entanto, eles viveram sobre a Terra em um momento em que havia outros humanos primitivos que eram muito menos evoluídos. Os lemurianos tiveram a capacidade de manipular geneticamente os fios de DNA. O unicórnio era originalmente um cavalo selvagem. O cavalo evoluiu com poucas defesas contra predadores e, como resultado, eles foram caçados. Os lemurianos vendo que isso estava devastando a população de cavalos selvagens, decidiram intervir e ajudar a população de cavalos alterando geneticamente os genes de apenas alguns em cada rebanho. Eles tiveram o cuidado de deixar alguns cavalos selvagens, de modo a não pôr em perigo a espécie do cavalo como um todo. Esta alteração genética tornou possível que esses cavalos voassem e se defendessem com o chifre na testa. Os unicórnios são frequentemente retratados como sendo apenas brancos, no entanto, haviam muitas cores diferentes de unicórnios, alguns dos quais ainda estão disponíveis em seu cavalo moderno hoje.



Porém, devido esta não ser uma mutação natural nos genes, era muito difícil perpetuar a espécie. Quando criado com um cavalo selvagem, a alteração genética não foi transferida para a prole. Os lemurianos continuaram a criar unicórnios por muitos séculos e se tornaram bastante apaixonados por eles. Os lemurianos tinham um parentesco com toda a vida. Eles regularmente fizeram amizade com muitos dos animais que entraram em contato com eles. No entanto, a queda dessa sociedade foi seu impulso para alterar e modificar todo e qualquer ser para garantir a segurança tanto da própria comunidade como dos outros seres. As mutações genéticas que resultaram em sua adulteração levaram eventualmente a uma comunidade que não poderia mais ser sustentada.

Esperamos ter servido de alguma forma e que você tenha encontrado proveito em nossa discussão.

Em Amor e Luz,

Nós somos seus Guias Angélicos.

Todos os direitos reservados. É permitido copiar, compartilhar e distribuir este material, mantendo o conteúdo inteiro e inalterado, tendo sua distribuição gratuita e mantendo o link do autor incluído. http://www.angelic-guides.com/

Tradução de Milena Morvillo email: millamorvis@yahoo.com.br

postado por Fátima dos Anjos

sábado, 15 de julho de 2017

A Supremacia da Emoção

Sempre que houver um conflito entre o desejo e sentimento, o último sempre vencerá. Isso ocorre porque a energia da emoção é, sem sombra de dúvidas, incontáveis vezes mais poderosa que a força do pensamento. Desejar uma coisa e sentir outra é a principal causa de fracassos no que tange ao processo da criação intencional. Portanto, de nada adianta passar horas mentalizando uma situação favorável quando há por trás um sentimento negativo relacionado a isso.

A emoção negativa anula todo o efeito do pensamento positivo. Isso é fato. Então, o segredo para a transformação positiva que queremos consiste em agir fortemente no sentido de eliminar os conflitos entre o que pensamos e o que sentimos.

O alinhamento entre desejo e emoção se dará somente quando, mediante uma prática persistente, nos tornamos capazes de eliminar as crenças limitadoras e sentimentos negativos que carregamos desde a infância. Aliás, “eliminar”, nem seria a palavra certa. O termo mais apropriado nesse caso seria: “substituir”.

Ao trocar nossas emoções ruins por outras, de teor mais elevado, matamos a pau o monstro surreal que sufoca nosso desenvolvimento pessoal.

É necessário mudar a emoção, Aprendiz. Sem a execução dessa premissa básica da Lei da Criação Intencional, nada feito.

Comece agora mesmo a trabalhar no sentido de substituir, paulatinamente, sentimentos ruins por outros, de natureza mais nobre. Você pode começar pela gratidão, por exemplo.

Ao abrir mão do famigerado costume de reclamar, substituindo-o pelo bendito hábito de agradecer, uma janela se fecha para a grande maioria das coisas ruins. Havendo persistência nesse ato, logo uma enorme porta se abrirá, trazendo a perspectiva de uma nova vida, abençoada.

Olhar para o lado ruim da vida é outra forma de a gente se boicotar. Isso decorre do fato de que o nosso foco de atenção alimenta a energia da emoção. Veja bem! Não há como não eliminar o sentimento nefasto decorrente de uma centralização nas mazelas do ser humano. A percepção centrada no mal alimenta isso, em nós e no mundo.

Obviamente, não podemos ignorar a dor e o sofrimento alheio. Mas também não podemos absorver isso emocionalmente. Nossa piedade pura e simples, desprovida de qualquer ação positiva, não muda nada. Precisamos agir no sentido do bem. Isso pode começar no exato momento em que passamos a fazer a nossa parte no processo.

Lembre-se: a maneira mais inteligente de contribuir para a melhoria do mundo está em melhorar a si mesmo. Mude-se para melhor e torça para que os outros façam o mesmo.

O dia em que a atenção no bom, no belo e no justo se transformar em uma conduta global, a terra se transformará em um pedacinho do paraíso. Isso ainda é algo utópico diante do comportamento absolutamente equivocado da grande maioria das pessoas. Mas, reitero que a mudança positiva começa sempre com a gente.

A transformação é algo individual que pode se tornar coletivo. Quem sabe um dia. Façamos a nossa parte no processo. Por ora, isso basta.

Vislumbrar o bem ou o mal que circunda à nossa volta é uma simples questão de escolha. Quando a gente muda o foco de visão para a perspectiva positiva do mundo passamos a enxergar as coisas sob um prisma mais elevado. E assim nos tornamos capazes de enxergar a harmonia absoluta que brota do caos aparente.

A cultura equivocada insiste em mostrar o lado obscuro da vida. Não obstante, enquanto a mídia sensacionalista e a maioria das pessoas dão prioridade às tragédias, incontáveis bênçãos estão ocorrendo no mundo.

Note que muitas vezes, movidos por uma comoção global embasada no mal, deixamos de dar privilégio às coisas boas que o Universo provê em nossa própria vida, a cada instante, todos os dias. Pense nisso e você perceberá o quão pode estar sendo injusto em sua visão de mundo.

Sinta-se bem, Aprendiz. Esse é o segredo básico da transformação positiva que você poderá provocar em sua vida e, consequentemente, na vida de muitos.

A sua opção pelo positivo, pelo bem, pelo justo, pelo prazeroso, pode mudar tudo para melhor. MUITO MELHOR!

Alegria, amor, compaixão, calma, serenidade, solidariedade, ponderação, sinceridade, honestidade, integridade, coragem, caridade e boa vontade. Se esses sentimentos positivos passarem a dominar a sua essência a partir de agora, incontáveis bênçãos começarão a ocorrer em sua experiência de vida. CERTEZA!



fonte:academiadoaprendiz

Francisco Ferreira, O Aprendiz

SUA MENTE É FLEXÍVEL?

Publicado por Fatima dos Anjos em 15 julho 2017 às 20:50 em MENSAGENS DOS MESTRES
Back to MENSAGENS DOS MESTRES Discussions


Por Elizabeth Denley

12 de julho de 2017



Muitos de nós hoje estão interessados em manter nossos corpos flexíveis e adequados, mas quantos de nós estão interessados em desenvolver a neuroplasticidade ?



O que significa ter uma mente flexível? O que é neuroplasticidade? Observe sua própria mente por alguns minutos. O que você acha? Sua mente é flexível e aberta, ou está cheia de pensamentos e presa nos padrões e hábitos da vida cotidiana ?



A flexibilidade está em toda parte na natureza. É a mesma qualidade, seja ela encontrada em uma planta, um edifício, um corpo humano ou na mente humana. A flexibilidade é a capacidade de se adaptar, estar disposto a mudar, se abrir, dobrar e responder com sensibilidade. É o oposto da rigidez. Uma mente rígida é cheia de hábitos fixos e opiniões fortes sobre o que é certo e errado, bom e ruim, inteligente e estúpido, justo e injusto, etc. Uma mente flexível está aberta a novas maneiras de ver o mundo. Não é prejudicada pelos padrões impostos pela sociedade.



As tradições espirituais valorizam a flexibilidade mental para o nosso bem-estar e evolução. Não é difícil entender, porque é através da mente que observamos a vida focada no coração. A jornada espiritual do coração é cheia de maravilhas, levando-nos a um vasto universo interior. Não existe espaço para a rigidez ao se aventurar no desconhecido !



Neuroplasticidade e Vazio



No zen budismo, ele se chama shoshin, mente original ou mente do iniciante. O mestre Zen Shunryu Suzuki diz: “Se sua mente está vazia, está sempre pronta para qualquer coisa. Está aberta a tudo. Na mente do iniciante, existem muitas possibilidades, mas no perito existem poucas”. Ele também diz: “Pessoas que conhecem o estado do vazio sempre serão capazes de dissolver seus problemas pela constância”.



O que é constância ? Talvez seja a habilidade de aceitar alegremente as coisas como são, com uma mente suave e aberta. É também essa base inalterável e imutável de fluidez. Suzuki também diz: “É a disponibilidade da mente que é sabedoria… A sabedoria não é algo para se aprender. A sabedoria é algo que surge de sua atenção plena. Então, o objetivo é estar pronto para observar as coisas e estar pronto para pensar. Isso é chamado de vazio de sua mente”.



Os xamãs mexicanos entendem o mesmo princípio. Eles tentam desligar a conversa interna, a conversa interna incansável da mente. Carlos Castaneda escreve:



“Nós conversamos incessantemente sobre o nosso mundo. Na verdade, mantemos o nosso mundo com a nossa conversa interna. E sempre que terminamos de nos falar sobre nós mesmos e nosso mundo, o mundo é sempre como deveria ser. Nós o renovamos, o reavivamos com a vida, nós o defendemos com nossa conversa interna. Não só isso, mas também escolhemos nossos caminhos enquanto conversamos com nós mesmos. Assim, repetimos as mesmas escolhas repetidas vezes até o dia em que morremos, porque continuamos repetindo a mesma conversa interna repetidamente até o dia em que morremos. Um guerreiro está ciente disso e se esforça para parar sua conversa interna”.



O Que Impede a Neuroplasticidade ?



Nós limpamos nossa casa, nosso carro, nossas roupas e nosso corpo, para que eles não se tornem mais e mais sujos. Imagine uma casa em que uma família tenha vivido por trinta anos e nunca tenha sido limpa ! No entanto, quantos de nós limpam a mente ? Retiramos os padrões mentais que acumulamos através dos nossos sentidos, nossas emoções, nossas reações e atitudes em relação ao mundo ?



Imagine todas as experiências e emoções passadas que se acumularam ao longo de nossas vidas. À medida que se acumulam, formam padrões, nos tornamos cada vez mais rígidos e inflexíveis. É difícil mudar a menos que nos esforcemos para remover este entulho.



Quando nascemos somos inocentes, abertos e flexíveis. Como bebês, somos como a tela limpa e pintada de um pintor, cheia de potencial. Parthasarathi Rajagopalachari diz: “Observando as crianças pequenas crescendo ao meu redor, não tenho nada além de admiração e uma sensação de tremenda gratidão pela incrível rapidez com que elas descartam memórias de pessoas, lugares e coisas”. Ele também diz: “Para mim, a espiritualidade não é mais do que tornar-se como uma criança, porque o ego é o que está associado a tornar-se adulto”.



“Se a mente está vazia, está sempre pronta para qualquer coisa; Está aberta para tudo.



Na mente do iniciante, existem muitas possibilidades, mas no perito existem poucas”.



Ele descreve esta abertura e flexibilidade da mente como sendo “a maravilha aos olhos de uma criança, tudo o que ela vê é maravilhoso. É maravilhoso as coisas que vemos, ou na forma como olhamos as coisas ?”



A maravilha é a forma como os yogis sempre observaram o mundo e desenvolveram sua filosofia de vida, com base na experiência prática.



À medida que crescemos, aprendemos valores da nossa sociedade e da nossa família. Aprendemos o que é “certo e errado”. À medida que a infância se transforma em idade adulta, nos tornamos cada vez mais arraigados ao nosso caminho, criaturas de hábito. Quando somos confrontados com novas situações, resistimos à mudança. Quando encontramos alguém que é diferente de nós, reagimos com preconceito ou discriminação. Pensamos que estamos certos e os outros estão errados, ou que somos melhores do que eles. Não somos flexíveis e abertos, a menos que façamos algo para reverter a acumulação de hábitos limitantes.



©Elizabeth Denley

http://www.collective-evolution.com/2017/07/12/is-your-mind-flexible/



Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível



https://portal2013br.wordpress.com/2017/07/15/sua-mente-e-flexivel/

A NATUREZA DE SUA ALMA

Publicado por Fatima dos Anjos em 12 julho 2017 às 2:04 em MENSAGENS DOS MESTRES
Back to MENSAGENS DOS MESTRES Discussions

A NATUREZA DE SUA ALMA

Mensagem de Owen K. Waters

9 de Julho de 201



Sua alma é o seu ser interior imortal. Ela existia antes do início do tempo e sempre irá existir, mesmo quando você finalmente retornar ao seu lar espiritual supremo, como um aspecto consciente do Ser Infinito - a Fonte Divina de toda a vida.



Há doze níveis de existência que vão do mundano - por exemplo, a consciência de uma rocha, aos níveis dos três aspectos do Criador. Durante os nossos ciclos de reencarnação, usamos o terceiro, quarto e quinto destes níveis.



O reino físico está no terceiro nível de densidade. A alma está na quinta densidade, e o Ser Infinito está além da duodécima. Sua alma é a sua presença espiritual individualizada, operando na quinta densidade e ela mantém comunicação com as almas de todos com quem você interage na vida diária.



O mundo da alma da quinta densidade (ou a quinta dimensão, como também pode ser chamado), é não físico. Nosso mundo físico denso está na terceira densidade, enquanto a quarta densidade - a vida após a morte ou o mundo espiritual - é quase físico. O termo quase físico significa que o mundo espiritual é sólido aos seus residentes, ainda que ele seja etérico ou fantasmagórico, quando comparado às nossas estruturas físicas e densas. Os espíritos podem tropeçar uns nos outros nos reinos espirituais porque eles são sólidos em relação um ao outro.



A vida no reino espiritual é muito parecida com a vida em nosso mundo físico e denso, exceto que existem certas liberdades que vêm com o fato de ter um corpo menos denso. A capacidade de levitar é uma destas liberdades, e, melhor ainda, os espíritos podem se projetar quase que instantaneamente para outro local e, de repente, aparecerem lá. Isto apenas requer o foco mental e eles, subitamente, aparecem no local pretendido.



A quinta densidade é o início da existência não física, assim, a sua alma existe como uma esfera não física da consciência. Algumas tradições referem-se à alma como o “corpo mental”” e os reinos da alma como “reinos mentais”, embora se refiram a funções mentais superiores, ao invés do intelecto básico do tipo matemático.



Sua alma tem a liberdade de se deslocar tanto no tempo quanto no espaço, mas ela passa a maior parte do tempo atendendo às necessidades de seu eu físico, encarnado. Sua alma é o registro e o catalogador de todas as suas experiências, enquanto você adiciona a sua contribuição à vasta gama de experiências humanas na Terra.



Uma grande parte da consciência de sua alma vive aqui na terceira densidade com você, atendendo a todas as suas necessidades espirituais. Como o seu eu interior, a sua alma o conhece melhor do que qualquer outra pessoa no mundo, e está disponível para consulta instantaneamente, a qualquer momento. O fator limitante é o quanto a sua mente física permitirá e aceitará estes pensamentos intuitivos e originados pela alma.



Tome uma decisão de viver uma vida mais inspirada pela sabedoria intuitiva, interior, e abra mais a sua consciência aos sussurros de sua natureza intuitiva. Pratique seguir os seus sentimentos mais íntimos. Anote-os para que você possa recordar mais tarde e ver como eles se tornam precisos.



Acima de tudo, não seja dissuadido se os seus palpites parecerem imprecisos durante as tentativas iniciais. Isto acontece para a maioria das pessoas. Se você é novo na escuta intuitiva, continue a praticar e muito em breve, as suas intuições começarão a se transformar em um recurso tão valioso que você irá se perguntar o que fez sem elas.



Tudo o que você quiser alcançar na vida - uma abundância de crescimento espiritual, maiores amizades, apoio financeiro ou uma saúde melhor, você pode usar as capacidades de sua consciência baseada na alma para capacitá-lo e alcançar este objetivo da realização.



Owen Waters



Fonte: http://www.spiritualdynamics.net

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

O que é religiosidade?

Existe uma grande confusão em relação a religiosidade e seguir uma religião (doutrina) específica.

Por exemplo, quando nos conectamos à Natureza e desenvolvemos uma consciência ecológica onde brota um sentimento de devoção e respeito, onde passamos a ter uma relação de religiosidade (religação), nos sentimos integrados a ela e nossas ações se tornam sacramentadas perante a mesma.

Esse sentimento de religiosidade pode se refletir em muitos aspectos e não necessariamente em uma doutrina. Desde relações com pessoas (fortalecimento do sentimento de empatia e compaixão), trabalho (sacramentação do trabalho), meu próprio lar, no amor e respeito pelos animais, com a vida em si (alegria de viver)… na percepção que fazemos parte de algo maior.

Isso pode fortalecer no indivíduo vários aspectos como devoção, alegria, gratidão, integração, interesse no outro, serviço, paz, segurança interior, uma autoafirmação essencial e um sentimento de pertencer a algo maior (religação).

Esse sentimento de religiosidade cria um movimento de amor e altruísmo, de direção oposta ao egoísmo, onde nos sentimos algo à parte de tudo e por isso buscamos as coisas para nós mesmos apenas.

Portanto, é interessante notar que, muitas vezes, o Ateu pode ter mais religiosidade que um seguidor de alguma doutrina, como por exemplo aquele que vai a um culto, por temer a Deus, porque pode ser castigado por seus pecados, por exemplo, pois aí existe um movimento egoísta, não de religação (religiosidade). Vou por temer as consequências de meus atos.

Muitas vezes o Ateu pode sentir devoção e veneração perante ao Cosmos e ao “Todo” (Deus Onipresente – aquele que está em tudo e em todos e não àquele Deus Todo Poderoso, sentado ao Trono exigindo adoração e à espera para castigar os que o desobedecem).

Lembrando que todos tem um caminho individual a ser percorrido e podem encontrar verdadeiramente um sentimento de religiosidade em suas doutrinas, de pertencerem a algo maior, lhes trazendo conforto e paz e um movimento mais próximo do Amor, que os torna pessoas melhores e contribui verdadeiramente para o seu caminho individual.

É importante olhar que muitas vezes a família coloca a criança em cultos e doutrinas e estas não conseguem perceber essa religiosidade, não conseguem fazer essa conexão. O que pode criar uma aversão à Religião ou este movimento de obediência por temer a Deus. Muitas vezes a percepção dessa religiosidade na atuação de seus pais perante à vida tem um efeito muito mais positivo na criança…

Isto pode acontecer em todos os âmbitos, inclusive fora de doutrinas e mesmo dentro da Antroposofia, quando o conhecimento profundo de sua filosofia não atua de modo altruísta e sim egoísta e exclusivista, marginalizando o outro por suas crenças e escolhas, mesmo que sejam de âmbito exclusivamente individuais, contrariando o que coloca Steiner em relação à Liberdade e Impulso Crístico, ou seja, criando um movimento de separação e não de integração (religação), oposto ao caminho do Amor e Altruísmo.

Tudo que coloquei são apenas reflexões… acredito que a manifestação por si só é o grande milagre e que tudo tem um porque de ser.

Leonardo Maia

terça-feira, 11 de julho de 2017

A IMPORTÂNCIA DO SONO E A PEDAGOGIA

imagem

"O bom sono é decisivo para o bom relacionamento entre as pessoas. Quando dormimos sonhamos; sonhamos com nossos ideais, com aquilo que queremos dispor para a humanidade."

Rudolf Steiner


Dormir, em termos práticos, é parar de pensar. Se o pensamento não cessa, não dormimos. Porém é necessário pensarmos corretamente durante o dia para podermos dormir bem. Um pensamento confuso, desordenado, que não se percebe a si próprio é causa de insônia.

Na pedagogia Waldorf se ensina a pensar concretamente, e consequentemente “ensina a dormir”.

Para dormir bem é necessário se sentir bem. Se passarmos um dia, ou um período, nos sentindo muito inseguros, ou com medo, também temos dificuldade de manter o sono.

Numa didática, como a proposta por Rudolf Steiner, todo o ensino se faz de modo artístico e com isso nutre o sentir, e também contribui com o sono.

O agir com metas, um fazer que vá até o fim e que tem significado propicia uma boa noite de sono.

Os alunos Waldorf se empenham em fazer belos cadernos, participam de aulas de trabalhos manuais e muitas outras atividades que, com certeza, ajudam a aprofundar o sono.

Ao estudarmos a fisiologia do sono identificamos dois pólos: o estágio do sono profundo e o sono REM (sono com sonhos); e há a passagem de um estágio para o outro.

Há uma série de experimentos que mostram como o sono REM está relacionado diretamente com o aprendizado e consolidação da memória. No sono profundo ocorre a liberação do hormônio do crescimento (GH) o que mostra sua relação com o metabolismo. Maratonistas no dia seguinte a maratona dormem mais tempo nesse sono profundo.

Por isso se faço exercícios físicos ou se atuo com sentido, estimulo o sono profundo.

Ao aprender, ao adquirir novos conhecimentos, possibilito que o sono REM seja mais denso nas noites subsequentes.

Ao cuidar do sentir a noite ganha o necessário movimento rítmico e passa de uma fase do sono a outra, e não se acorda de hora em hora.

Rudolf Steiner, 1919, falou aos professores que uma de suas tarefas era ensinar os alunos a dormir. Agora podemos entender o que isso significa. Quando um adulto não dorme bem o seu dia seguinte pode ficar comprometido. O raciocínio fica lento, não tem paciência para ouvir explicações e assim por diante. Se dormirmos mal nos sentimos mal, pode surgir sensações incômodas no corpo. E pode surgir a procrastinação, pois ficamos sem vontade de fazer as coisas.

Uma criança ou adolescente que dorme mal fica agitado. Parece (mas, não é) que está cheio de energia. Na realidade está confuso e nem ouve o que os adultos falam (déficit de atenção). Vemos que uma criança ou adolescente que dorme mal está incomodado.

Podemos dizer que está “doente”. Como a criança e o adolescente estão em desenvolvimento podem surgir consequências orgânicas devido à falta de sono ou do sono sem qualidade: queda da imunidade, a criança pega mais resfriados; como durante o sono noturno se libera o hormônio do crescimento a estatura pode ficar mais baixa do que o esperado.

E a meu ver a consequência mais grave da privação de sono é a questão social.

Rudolf Steiner fala que o bom sono é decisivo para o bom relacionamento entre as pessoas. Quando dormimos sonhamos; sonhamos com nossos ideais, com aquilo que queremos dispor para a humanidade.

Durante o sono bebo da fonte, dos arquétipos – daquilo que me faz humano. Quando durmo e acordo refeito, sei do que se trata. Acordo “novo” para o novo dia.

Os adolescentes são os que mais sofrem com a privação de sono; as horas passadas diante do computador ou do vídeo game impedem o sono restaurador. Se não dormem bem, não acordam bem e aí o comportamento, a convivência fica praticamente impossível. Não vão bem na escola, se isolam, há problema com a auto estima. O comportamento agressivo ou irritadiço acaba se tornando a regra. O que poderia ser ânimo, disposição para a convivência com a comunidade (pais, familiares, amigos) se torna isolamento, preguiça, ou só fazer aquilo que é muito fácil, que não exige esforço nenhum.

Portanto, também a questão social, o relacionamento humano depende de uma boa noite de sono.

 O que contribui com uma boa noite de sono?

Conforme o explicado acima: é necessário acordar melhor, ou seja, durante o dia cuidar do pensar, sentir e querer. É possível ajudar a acordar, e praticamente impossível ajudar a dormir. Quem se esforça para pegar no sono, provavelmente vai ficar acordado.

Os professores, na pedagogia Waldorf, ensinam a dormir, pois dão os estímulos necessários durante as aulas; a didática é voltada para toda a organização humana – pensar, sentir e querer.

E os pais, o que podem fazer?

 - Cuidem dos horários. Vida é ritmo. Tudo o que é vivo tem ritmo. Organizem o dia. Horário para acordar e dormir; horário para as refeições; cuidar com a agenda muito apertada…

- Providenciem um bom café da manhã com carboidratos complexos – alimentos integrais. Proteínas e gorduras também fazem parte. Evitem doces. Jantar leve; quem come muito a noite pode dormir mal e engordar.

- Que o acordar seja agradável; despertar um pouquinho antes; evitar atrasos. No dia a dia, estar sempre atrasado cria um condicionamento péssimo. “Acordo e lá vem confusão”.

- Criem um ritual para o sono. Quanto mais simples e rápido melhor. Não esquecer a MASSAGEM e a história. O que mais propicia o sono é escuro e silêncio; portanto, nada de TV, DVD, computador…

- Atividade física é muito importante; propiciem momentos de lazer. Criar situações que a criança possa brincar livremente. E ainda eu poderia aconselhar: vivam melhor, tenham uma vida mais saudável, etc. Mas, para encerrar lembro a vocês que educar é antes de tudo auto-educar-se.

Aprender é processo e nunca se está totalmente pronto. Tentamos e cuidamos, mas estamos vivos, em desenvolvimento. Mais erramos que acertamos, mas tentamos…

Confiem e não abandonem as crianças. Elas não estão prontas e nós também não.

Dr. Derblai R. Sebben


Biblioteca Virtual de Antroposofia